Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos. Por: Vinicius Martinez
Introdução.

Se podemos dizer que há um período na História Humana onde o Homem deixou de entender a si mesmo, esse período é o nosso. Vivemos num mundo desenvolvido tecnologicamente, mas precariamente os homens que participam desses tempos, não acompanharam o avanço das técnicas que por eles mesmos foram desenvolvidas.

É fato que vivemos numa sociedade apóstata que abandonou a Verdade e que se rendeu ao Liberalismo em todos os seus aspectos, o que por sua vez deu forças ao modernismo na religiosidade, assim como pavimentou a civilização ocidental para experimentar as tenebrosas revoluções sangrentas do século XX.

Por sua vez, nessa breve introdução, cito que o triunfo da tão má compreendida ideologia feminista, que embora muitos falem dela, não sabem que a mesma não é só uma simples demência do que chamamos de "Mundo Moderno".

Parafraseando a afirmação do Dou…

Sou grato pelo heresiarca João Calvino

Sou grato pelo heresiarca João Calvino.

Por: Vinicius Martinez
Foi sua ímpia doutrina que me fez enxergar de forma definitiva que o Protestantismo como um todo, é uma obra do Inferno, porque todo e qualquer "deus" protestante tem imperfeições, contradições e defeitos, no entanto, eu sabia que não há defeitos em Deus, pois ele é Sumamente Perfeito.

A doutrina da predestinação calvinista é das coisas mais malignas que já vi e lembro-me até hoje que foi a gota d'água para eu largar o meu próprio protestantismo, ainda que não fosse um calvinista.

Passei a adolescência inteira perturbado por não encontrar uma igreja que realmente fosse de Cristo, todas as “igrejas” que eu frequentava contradiziam umas às outras, era impossível que a Verdade estivesse nelas.

A lógica sempre me protegeu dos erros protestantes no sentido de que eu não aderia a nenhuma doutrina fixamente, afinal, eu mesmo criava as minhas, não porque eu queria ser o dono da verdade e fundar minha própria "religião", mas porque eu realmente não sabia qual seguir.

Foi então que a Graça tocou no meu pobre espírito inquieto por querer a verdade e me fez enxergar a própria Verdade no Catolicismo, a pessoa que eu mais ignorei na vida, a pessoa que eu tinha pavor por medo de adorá-la, a Santíssima sob o título de Nossa Senhora do Imaculado Coração de Fátima intercedeu por mim e tornei-me católico.

Glória a Deus! Ave Maria Santíssima! Salve Roma Eterna!

Comentários

Postagens mais visitadas