Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos. Por: Vinicius Martinez
Introdução.

Se podemos dizer que há um período na História Humana onde o Homem deixou de entender a si mesmo, esse período é o nosso. Vivemos num mundo desenvolvido tecnologicamente, mas precariamente os homens que participam desses tempos, não acompanharam o avanço das técnicas que por eles mesmos foram desenvolvidas.

É fato que vivemos numa sociedade apóstata que abandonou a Verdade e que se rendeu ao Liberalismo em todos os seus aspectos, o que por sua vez deu forças ao modernismo na religiosidade, assim como pavimentou a civilização ocidental para experimentar as tenebrosas revoluções sangrentas do século XX.

Por sua vez, nessa breve introdução, cito que o triunfo da tão má compreendida ideologia feminista, que embora muitos falem dela, não sabem que a mesma não é só uma simples demência do que chamamos de "Mundo Moderno".

Parafraseando a afirmação do Dou…

A santidade não é unívoca

A santidade não é unívoca.

Por: Vinicius Martinez
Alguns na tentativa de desmoralizar os "fariseus tradicionalistas" utilizam de exemplo o Venerável Carlos Acutis que não teve uma vida “intelectual” e “dogmática” – isto é, não ficou questionando sobre o Concílio Vaticano II e discutindo teologia e liturgia, ele apenas cumpria os mandamentos de Deus, rezava e participava da liturgia.

Ainda que consideremos esse virtuoso garoto como um exemplo de vida, ele não anula o esforço de leigos que lutam na defesa da Tradição católica, ademais, Deus não criou uma santidade unívoca onde todos são iguais, há santos que receberam diferentes tipos de carismas e cada uma delas serve para a edificação da Igreja e de seus membros como já dizia o Apóstolo, a saber, São Paulo: 

"[...] Há diversidade de dons, mas um só Espírito. Os ministérios são diversos, mas um só é o Senhor. Há também diversas operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. A cada um é dada a manifestação do Espírito para proveito comum. A um é dada pelo Espírito uma palavra de sabedoria; a outro, uma palavra de ciência, por esse mesmo Espírito; a outro, a fé, pelo mesmo Espírito; a outro, a graça de curar as doenças, no mesmo Espírito; a outro, o dom de milagres; a outro, a profecia; a outro, o discernimento dos espíritos; a outro, a variedade de línguas; a outro, por fim, a interpretação das línguas. Mas um e o mesmo Espírito distribui todos esses dons, repartindo a cada um como lhe apraz. Porque, como o corpo é um todo com muitos membros, e todos os membros do corpo, embora muitos, formam um só corpo, assim também é Cristo. Em um só Espírito fomos batizados todos nós, para formar um só corpo, judeus ou gregos, escravos ou livres; e todos fomos impregnados do mesmo Espírito. Assim, o corpo não consiste em um só membro, mas em muitos [...]".

Com efeito, há pessoas mais místicas, ascéticas e outras mais intelectuais, outras mais ativas e outras mais contemplativas. Ademais, você não pode comparar Santo Tomás de Aquino com a Santa Clotilde, pois um era sacerdote e a outra era uma mulher casada, a única coisa em comum que ambos tinham é o fato de que cumpriram perfeitamente suas missões conforme seus estados de vida, alcançando a santidade. 

Além do mais, há diferentes vocações na Igreja, a saber, sacerdote, religioso, leigo casado, leigo consagrado, etc. – O que tudo isso significa? Cada uma das vocações possui seus respectivos deveres e carismas, cada um deve manifestar as suas habilidades conforme seu estado de vida, sendo que cada um terá diversas maneiras de manifestar sua santidade mediante a Graça de Deus.

Glória a Deus! Ave Maria Santíssima! Salve Roma Eterna! Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

Comentários

Postagens mais visitadas