Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois.
Por: Vinicius Martinez
“Devemos suportar tudo, porque o sofrimento é pequeno e a recompensa é grande.” Santa Catarina de Sena 
Um magnífico sinal da Graça de Deus em nossas vidas é quando uma pessoa que amamos ou que temos grande consideração por ela. 
Nos machuca em decorrência de uma atitude, seja uma escolha ou uma declaração que tenha ferido os nossos sentimentos, assim como também tenha contrariado a nossa vontade.
O ser humano naturalmente ao ser contrariado em sua vontade tende a se entristecer, pois, de fato dói ter a nossa vontade, os nossos desejos sido negados —, dói ser machucado por uma pessoa que tanto amamos. 
Geralmente a reação natural após sermos machucados por uma pessoa, é de tristeza, revolta e raiva. No entanto, por alguma operação de ordem sobrenatural. 
Ainda que entremos numa forte tristeza, ainda que choremos muito por causa da dor que sentimos, ainda assim em nosso coração persiste o Amor, o desejo do Sumo…

O Papa mais Revolucionário de todos os tempos

O Papa mais Revolucionário de todos os tempos.

Por: Vinicius Martinez 


Boa parte dos católicos minimamente estudados compreendem que o Herege, a saber, Martinho Lutero fora dos homens mais malditos da História da Igreja e que, portanto, seus frutos foram visivelmente podres, o que ele fez com a Igreja, com a Doutrina, com a Liturgia, etc etc, foi horrendo e diabólico.

No entanto, estes senhores não enxergam que a mesma essência revolucionária por de trás de Lutero, também esteve presente nas ações de "São Paulo VI" que fez o que Lutero gostaria de ter feito, mas não podia ter feito pois era um misero padre da Alemanha.

A Revolução de nossos dias não nos alcançou por via das ideias de um padreco qualquer, mas do membro mais alta hierarquia da Igreja, veio do Papa! Paulo VI foi a pessoa mais revolucionária da História da Igreja, ele literalmente modificou tudo na Igreja e os neocons religiosos que descem a lenha em Lutero, Calvino e cia, não enxergam que Paulo VI foi pior que estes dois.

Este Papa fez mais mal a Igreja que todos os hereges juntos, porque ele fez uma mudança de tal forma que penetrou todas as esferas da sociedade, o que este Papa fez em seus anos de papado, Lutero e cia jamais poderiam ter sonhado em fazer.

É impressionante que diante de tantos fatos indubitáveis, ainda haja tanta má vontade de querer enxergar a verdade que Paulo VI foi um homem catastrófico e não há nenhuma virtude que possa lhe conceder a honra dos altares, basta uma sincera análise da vida desse homem e de seus obras enquanto Papa e Cardeal.

Com efeito, não pode ser considerado santo de jeito algum, este homem abriu as portas da Igreja para que a Abominação da Desolação entrasse no Lugar Santo e hoje é considerado santo! Como é possível explicar tanta cegueira e covardia para encarar a realidade?

Meu Deus! Como conseguem enxergar os males do protestantismo, mas não conseguem ver os males do catolicismo liberal introduzido por Paulo VI e perfeitamente aplicado por João Paulo II, Bento XVI e sinistramente por Francisco! De fato, Paulo VI é das figuras mais cativantes de todos os tempos, porque o que este Papa fez é histórico.

Por fim, fica um questionamento, como posso reconhecer que este homem tenebroso que fez coisas que são evidentemente heréticas, e ainda assim, ao mesmo tempo, incongruentemente não o considero um Herege, mas um papa? Como já disse outra vez... não quero aderir ao sedevacantismo, reconheço a contradição do R&R, mas ainda persistirei nessa posição, ainda que com grande pesar.


Glória a Deus! Ave Maria Santíssima! Salve Roma Eterna! Força e Honra! Sempre Fiel!

Comentários

Postagens mais visitadas