Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos. Por: Vinicius Martinez
Introdução.

Se podemos dizer que há um período na História Humana onde o Homem deixou de entender a si mesmo, esse período é o nosso. Vivemos num mundo desenvolvido tecnologicamente, mas precariamente os homens que participam desses tempos, não acompanharam o avanço das técnicas que por eles mesmos foram desenvolvidas.

É fato que vivemos numa sociedade apóstata que abandonou a Verdade e que se rendeu ao Liberalismo em todos os seus aspectos, o que por sua vez deu forças ao modernismo na religiosidade, assim como pavimentou a civilização ocidental para experimentar as tenebrosas revoluções sangrentas do século XX.

Por sua vez, nessa breve introdução, cito que o triunfo da tão má compreendida ideologia feminista, que embora muitos falem dela, não sabem que a mesma não é só uma simples demência do que chamamos de "Mundo Moderno".

Parafraseando a afirmação do Dou…

Não existem palavras suficientes que sejam capazes de unidas expressarem a realeza da Santíssima Mãe de Deus

Não existem palavras suficientes que sejam capazes de unidas expressarem a realeza da Santíssima Mãe de Deus.

Por: Vinicius Martinez 

“A quem Deus quer fazer muito santo, o faz muito devoto da Virgem Maria.” São Luís Maria Grignion de Montfort

A Ladainha é uma belíssima oração que nos apresenta muitos títulos honrados à Santíssima, no entanto, se existissem milhões de títulos — e com isso fossem inseridos nessa oração, ainda assim seria insuficiente para honrar tão Santíssima e Amável Mãe.

É simplesmente impossível amar mais a Santíssima que o próprio Deus, pois o amor que podemos dar a ela é diretamente encaminhado ao Bom Deus que o recebe com grande alegria — as honrarias prestadas para o ápice de sua Perfeição criada.

Ademais, a própria Santíssima não permitiria que um devoto pudesse amá-la mais que o próprio Deus, é absurdo acreditar que ela permitiria alguém amá-la mais que o Bom Deus.

Essa Santíssima Mulher suavemente nos leva ao Coração de Deus, cuja chama Infinita de Amor é por nós desejada e somente nela conseguiremos repousar, com efeito, é simplesmente impossível venerá-la mais que o Senhor.

Em verdade, não devemos nos preocupar por amá-la demais, mas em não amá-la suficientemente, pois certamente o efeito que o amor pela Mãe de Deus realiza em nós — é basicamente tornar o nosso ser capaz de amar ainda mais nobremente e intensamente o Bom Deus.

Não há nada e ninguém mais capaz de nos tornar capazes de amarmos a Santíssima Trindade que a própria Santíssima que é Filha de Deus Pai, Mãe de Deus Filho e Esposa de Deus Espírito Santo: a supremacia do Amor expressa por via de uma Mulher — que se chama Maria de Nazaré.

Glória a Deus! Ave Maria Santíssima! Salve Roma Eterna! Força e Honra! Sempre Fiel! Nossa Senhora do Carmo e de Fátima, rogai por nós!

Comentários

Postagens mais visitadas