Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois.
Por: Vinicius Martinez
“Devemos suportar tudo, porque o sofrimento é pequeno e a recompensa é grande.” Santa Catarina de Sena 
Um magnífico sinal da Graça de Deus em nossas vidas é quando uma pessoa que amamos ou que temos grande consideração por ela. 
Nos machuca em decorrência de uma atitude, seja uma escolha ou uma declaração que tenha ferido os nossos sentimentos, assim como também tenha contrariado a nossa vontade.
O ser humano naturalmente ao ser contrariado em sua vontade tende a se entristecer, pois, de fato dói ter a nossa vontade, os nossos desejos sido negados —, dói ser machucado por uma pessoa que tanto amamos. 
Geralmente a reação natural após sermos machucados por uma pessoa, é de tristeza, revolta e raiva. No entanto, por alguma operação de ordem sobrenatural. 
Ainda que entremos numa forte tristeza, ainda que choremos muito por causa da dor que sentimos, ainda assim em nosso coração persiste o Amor, o desejo do Sumo…

Não existem palavras suficientes que sejam capazes de unidas expressarem a realeza da Santíssima Mãe de Deus

Não existem palavras suficientes que sejam capazes de unidas expressarem a realeza da Santíssima Mãe de Deus.

Por: Vinicius Martinez 

“A quem Deus quer fazer muito santo, o faz muito devoto da Virgem Maria.” São Luís Maria Grignion de Montfort

A Ladainha é uma belíssima oração que nos apresenta muitos títulos honrados à Santíssima, no entanto, se existissem milhões de títulos — e com isso fossem inseridos nessa oração, ainda assim seria insuficiente para honrar tão Santíssima e Amável Mãe.

É simplesmente impossível amar mais a Santíssima que o próprio Deus, pois o amor que podemos dar a ela é diretamente encaminhado ao Bom Deus que o recebe com grande alegria — as honrarias prestadas para o ápice de sua Perfeição criada.

Ademais, a própria Santíssima não permitiria que um devoto pudesse amá-la mais que o próprio Deus, é absurdo acreditar que ela permitiria alguém amá-la mais que o Bom Deus.

Essa Santíssima Mulher suavemente nos leva ao Coração de Deus, cuja chama Infinita de Amor é por nós desejada e somente nela conseguiremos repousar, com efeito, é simplesmente impossível venerá-la mais que o Senhor.

Em verdade, não devemos nos preocupar por amá-la demais, mas em não amá-la suficientemente, pois certamente o efeito que o amor pela Mãe de Deus realiza em nós — é basicamente tornar o nosso ser capaz de amar ainda mais nobremente e intensamente o Bom Deus.

Não há nada e ninguém mais capaz de nos tornar capazes de amarmos a Santíssima Trindade que a própria Santíssima que é Filha de Deus Pai, Mãe de Deus Filho e Esposa de Deus Espírito Santo: a supremacia do Amor expressa por via de uma Mulher — que se chama Maria de Nazaré.

Glória a Deus! Ave Maria Santíssima! Salve Roma Eterna! Força e Honra! Sempre Fiel! Nossa Senhora do Carmo e de Fátima, rogai por nós!

Comentários

Postagens mais visitadas