Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos. Por: Vinicius Martinez
Introdução.

Se podemos dizer que há um período na História Humana onde o Homem deixou de entender a si mesmo, esse período é o nosso. Vivemos num mundo desenvolvido tecnologicamente, mas precariamente os homens que participam desses tempos, não acompanharam o avanço das técnicas que por eles mesmos foram desenvolvidas.

É fato que vivemos numa sociedade apóstata que abandonou a Verdade e que se rendeu ao Liberalismo em todos os seus aspectos, o que por sua vez deu forças ao modernismo na religiosidade, assim como pavimentou a civilização ocidental para experimentar as tenebrosas revoluções sangrentas do século XX.

Por sua vez, nessa breve introdução, cito que o triunfo da tão má compreendida ideologia feminista, que embora muitos falem dela, não sabem que a mesma não é só uma simples demência do que chamamos de "Mundo Moderno".

Parafraseando a afirmação do Dou…

A santidade exige compromisso na defesa da Fé

A santidade exige compromisso na defesa da Fé.

 Por: Vinicius Martinez

Todos os santos de todas as épocas do cristianismo estavam inseridos em crises, cada uma tendo suas peculiaridades e se analisarmos o proceder de todos, veremos que sem exceções — eles combateram os erros, pecados e heresias de seus respectivos tempos.

Hoje o amplo mercado de livros, cursos, palestras, vídeos e textos, etc, querem dar impressão de que é possível ser santo  sem um ativo combate contra as heresias de nossos tempos,  enfrentando a grande crise de Fé que assola o nosso tempo que se deu pelo Concílio Vaticano II.

É impossível ser santo sem ter o desejo de ser verdadeiro, corajoso e apto a defender a Fé custe o que custar — e isso quase ninguém diz, porque tremem de medo de falar mal do Concílio Vaticano II que é um assunto espinhoso.

Mas o fato é que ele foi a maior catástrofe que já aconteceu na História da Igreja, e essas pessoas cometem um erro grosseiro que é da covardia e da preguiça, não estão dispostos a gastarem seus tempos estudando o que de fato ocorreu — ou tampouco ir contra a maré de nossos tempos.

É muito fácil falar das crises e heresias que já foram vencidas no passado, o díficil é aceitar que assim como outrora lutaram os santos contra os erros, deve-se fazer o mesmo que eles fizeram — no presente em que vivemos. Há um grande incêndio devorando tudo que encontra pela frente e há quem trate esse incêndio como uma pequena fogueira e há quem sequer queira enxergar o incêndio.

Ora, quem ignora o seu dever de defensor e propagador da Fé comete um terrível erro e certamente demonstra ausência de Amor para com Deus e o próximo. Levar o próximo à verdade é o maior benefício que podemos fazer. Diferentemente do que muitos dizem, a ignorância não é uma bênção — senão que um grande crime, porque nosso fim é intelectual e esse fim exige grande disposição em aderir ao bem e condenar o mal.

A nova santidade propagada se consiste em simplesmente ser carismático, sorridente, ler livros, postar coisas bonitas, ser bonzinho com tudo e todos e deixar de lado os erros, pecados e heresias, mortificações, penitências e sacrifícios, etc.

Dessa forma é realmente muito fácil alcançar a santidade, ora, os céus é dos violentos e a violência se consiste na suprema disposição de abraçar o Verbo Eterno de Deus com toda força e viver conforme o seu desejo —, e certamente o ser bonzinho, passivo e calado é uma caricatura ridícula da verdadeira santidade.

Não devemos ser aquele tipo de pessoa repugnante, chata e moralista, do mesmo modo que não podemos ser liberais achando que é possível conciliar a vida em Fé com o que é mundano. É possível ser santo e alegre, mas é impossível ser santo sem ser corajoso e apto para fazer o necessário pelo que é certo.

Textos como este são extremamente inconvenientes para acomodados, não tende a fazer sucesso, porque só "amam" a verdade até o momento em que essa verdade os ilumina, mas tendem detestá-la quando começa a contrariá-los.

Glória a Deus! Ave Maria Santíssima! Salve Roma Eterna! Força e Honra! Sempre Fiel!

Comentários

Postagens mais visitadas