Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois.
Por: Vinicius Martinez
“Devemos suportar tudo, porque o sofrimento é pequeno e a recompensa é grande.” Santa Catarina de Sena 
Um magnífico sinal da Graça de Deus em nossas vidas é quando uma pessoa que amamos ou que temos grande consideração por ela. 
Nos machuca em decorrência de uma atitude, seja uma escolha ou uma declaração que tenha ferido os nossos sentimentos, assim como também tenha contrariado a nossa vontade.
O ser humano naturalmente ao ser contrariado em sua vontade tende a se entristecer, pois, de fato dói ter a nossa vontade, os nossos desejos sido negados —, dói ser machucado por uma pessoa que tanto amamos. 
Geralmente a reação natural após sermos machucados por uma pessoa, é de tristeza, revolta e raiva. No entanto, por alguma operação de ordem sobrenatural. 
Ainda que entremos numa forte tristeza, ainda que choremos muito por causa da dor que sentimos, ainda assim em nosso coração persiste o Amor, o desejo do Sumo…

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos.
  
Por: Vinicius Martinez

Introdução.

Se podemos dizer que há um período na História Humana onde o Homem deixou de entender a si mesmo, esse período é o nosso. Vivemos num mundo desenvolvido tecnologicamente, mas precariamente os homens que participam desses tempos, não acompanharam o avanço das técnicas que por eles mesmos foram desenvolvidas.

É fato que vivemos numa sociedade apóstata que abandonou a Verdade e que se rendeu ao Liberalismo em todos os seus aspectos, o que por sua vez deu forças ao modernismo na religiosidade, assim como pavimentou a civilização ocidental para experimentar as tenebrosas revoluções sangrentas do século XX.

Por sua vez, nessa breve introdução, cito que o triunfo da tão má compreendida ideologia feminista, que embora muitos falem dela, não sabem que a mesma não é só uma simples demência do que chamamos de "Mundo Moderno".

Parafraseando a afirmação do Doutor da Caridade, a saber, Dom Marcel Lefebvre ao comentar sobre o triunfo do Modernismo com a revolução que se sucedeu após o Concílio Vaticano II no campo religioso. Também afirmo que o Feminismo foi um golpe mestre de Satanás no campo da sociedade como um todo.

O tenebroso feminismo não teve apenas impacto nas mulheres, dizimando a feminilidade e a maternidade, com efeito, tornou as mulheres em caricaturas grotescas que nem mesmo um cronista pagão antigo seria capaz de conceber, o feminismo não apenas criou mulheres insanas, depravadas e loucas para terem tanto ou mais poder que os homens.

O feminismo de fato foi uma revolução que se deu nos campos cultural, social, jurídico, político, econômico, — no entanto, pior ainda foram seus efeitos na antropologia humana, modificando as estruturas do ser, assim como criou uma verdadeira destruição do espírito de ser Homem — e esses impactos foram catastróficos.

A espécie do Feminismo que triunfou não foi sua vertente de linha marxista que leva suas seguidoras às patologias mentais mais insanas —, aquelas que cometem atrocidades públicas.

É o Neofeminismo que traz os elementos provindos do liberalismo e do Marcusianismo mesclados ao cristianismo que triunfa no coração e na mente dos homens e mulheres do ocidente, é a doença que consegue mesclar o que há de melhor no conservadorismo com o progressismo como que uma simbiose perfeita.

Tamanho é o poder dessa espécie que reinou que muitas mulheres que se dizem conservadoras na verdade são feministas, ou seja, são feministas bem vestidas e cheirosas, mas no proceder de seus atos e pensamentos age como uma feminista e isso é o reflexo do proceder liberal que infectou praticamente tudo e a todos: "Ter e afirmar coisas ortodoxas na mente, mas agir de forma que contraria o que pensa e diz".

São essas feministas que estão destruindo a civilização, é o "feminismo light" que é o verdadeiro perigo e não o feminismo de cunho marxista que tem mulheres que se tornaram monstros.

O grande problema é que embora o "Mundo Moderno" com seus delírios, a saber, Liberalismo, Marcusianismo, Feminismo e todas as pragas presentes nele — tenha criado uma super doença autoimune e que, com efeito, muito díficil de ser combatida; a verdade é que essa doença só se alastrou por culpa dos próprios homens que antes mesmo que o feminismo e outras coisas ruins triunfassem já estavam deixando de lado seus papéis dados por Deus que é de proteger, prover e construir.

Prólogo.

Atualmente há centenas de pensadores, professores e formadores de opinião que ensinam muitas coisas boas, a saber, artes liberais, linguagens, história, literatura, filosofia, teologia, etc. Com efeito, contribuem para a formação de gerações futuras de homens pensadores.

O problema é que 99% desses pensadores não ensinam aos seus alunos e seguidores sobre a importância de também aprender a ser um Homem guerreiro —, em saber como lidar com as inúmeras complexas situações da vida cotidiana que exige a virilidade e as habilidades típicas do sexo masculino.

Não ensinam que os homens devem saber se defender, com isso, capazes de defender aqueles que estão próximos a eles. A causa disso é que eles também fazem parte do mesmo sistema que eles dizem combater, a saber, o "Mundo Moderno" que é uma época — um lugar onde o homem deixou de ser Homem.

Com efeito, a massa de homens de bem são treinados para serem submissos aos homens que possuem a força — e por serem de certa forma o que chamamos de "afeminados" não são capazes de lutar contra os maus, por terem ausência do ser Homem.

Da formação do Homem.

É de suma importância que a Vida Intelectual de um Homem esteja acompanhada com a formação do Corpo, a saber, a ginástica como a arte do aperfeiçoamento do corpo em geral, a musculação como arte do aprimoramento e fortalecimento muscular do corpo e as artes marciais que visa o domínio e controle dos movimentos do corpo cujo objeto, assim como também a sua aplicação no campo da defesa pessoal e do combate —, tornando assim o Corpo Humano — uma Arma.

É fato que estamos produzindo muitas "cabeças sem corpo" e isso é péssimo, pois, necessita-se de "cabeças com corpos fortes". Ademais, num país brutal como o Brasil não há espaço para fraqueza, em nosso contexto atual, deixar de lado a formação do Corpo é loucura.

Além disso, dizia o Educador, a saber, Platão: "A educação deve possibilitar ao corpo e à alma toda a perfeição e a beleza que podem ter".

A vida intelectual é uma vocação e sendo assim, há aqueles que são chamados e aqueles que não são, assim como aqueles que possuem uma vida cujas exigências são mais corporais (ofícios braçais). Nem todos nasceram com talentos para exercer ofícios que requerem mais a mente, assim como nem todos nasceram para exercer ofícios que requerem o corpo como arma.

No entanto, a questão é que no contexto em que nos encontramos, ter o foco em apenas uma das realidades da substância humana é um erro crasso. De fato, não é todos que são capazes de serem inteligentes na cabeça e fortes no corpo ou vice versa —, mas não custa ser minimamente bom nos dois.

Ademais. — Por mais que um homem não tenha nascido para ser um soldado, é dever de ele dar a vida pelos outros —, protegendo os mais fracos, a saber, as mulheres, as crianças e velhos, ora como um homem há de proteger os mais fracos se não consegue proteger a si mesmo?

Muitos me perguntam qual seria a pedagogia fundamental a ser aplicada em nossos tempos — e sempre digo que seria um sistema cuja base fundamental se encontra na Paideia Grega, no Ensino Aristocrático Romano e no Ensino Clássico Medieval —, com as Artes Liberais e todos os campos de estudo sob a luz do Mestre Angélico, a saber, Santo Tomás de Aquino.

Com efeito, o Ensino Moral teria por base o Catolicismo que é a verdadeira Religião que nos leva ao Deus que se fez Homem, o Verbo Eterno de Deus, o Filho Unigênito que é aquele que é e que se deu por nós no Calvário, restabelecendo a ponte que conecta o Homem a Deus, e esse Homem que também é Deus, Jesus Cristo foi um Homem completo, ou seja, sábio e forte.

Com isso, serão formados homens pensantes que ao mesmo tempo serão capazes de serem guerreiros, — por terem suas potências corporais sendo trabalhadas. O corpo humano é um instrumento que nos foi dado, algo que pode ser utilizado para fazer o bem ou para fazer o mal.

Das consequências da falta de homens honrados e guerreiros.

A questão é que os homens modernos esqueceram que o Corpo pode ser uma arma, e essa arma deve ser utilizada para a defesa do que é correto. Do esquecimento dos homens de bem quanto aos seus Corpos.

Vejamos as consequências ao ver o triunfo dos maus que prevalece porque há poucos bons homens dispostos a lutarem. A ausência de uma força que parte dos bons se dá mediante a incapacidade do homem moderno de ser um guerreiro preparado para lutar.

Um país como o Brasil onde a barbárie se instalou a tal ponto que temos 70 mil homicídios por ano, milhões de assaltos, uma cultura de depravação e promiscuidade total.

Ademais. — A barbárie de nossos tempos é fortemente influenciada pelas escolhas das mulheres que vivem nela, que contribuem para a manutenção e a criação de gerações de homens imorais e perversos por optarem escolher homens ruins. Se as mulheres de uma sociedade não são virtuosas, tampouco os homens serão.

Vivemos em tempos onde a desordem e a corrupção pandêmica é tão presente que quase não há um lugar dessa nação continental que não esteja livre dessas pragas sociais.

Ora de que adianta produzir apenas homens pensantes que não são capazes de reagir a um ataque efetivado por um pivete desarmado que vai agredir a mulher que está ao lado dele — e que deveria ser protegida pelo mesmo.

Mais tragicamente é o caso em que temos tantos homens que se dizem católicos, mas que diante de tanto caos instalado em nossa sociedade, nada fazem para conte-lo, escolhem ter uma posição relaxada e neutra evitando a todo custo o combate direto para demonstrarem um ar de "prudentes".

Ademais, muitos desses homens quando possuidores de certo nível intelectual, ao falar dos problemas de nossos tempos, adotam uma postura bem tíbia e nunca dizem tudo que deveriam dizer —, acabam por escolher posições de demagogos ao invés de denunciar as reais causas dos problemas.

Ademais. —
Já dizia o Poeta, a saber, Dante Alighieri: No inferno os lugares mais quentes são reservados àqueles que escolheram a neutralidade em tempo de crise". A covardia é dos pecados mais nojentos que um homem pode ter, o pior é quando ela está vestida de prudência e sensatez e são muitos os que vestem essas vestes falsas — que é nada mais que pura covardia.

Ora, dizer que estes homens cheios de cultura intelectual serão capazes de mudar o futuro dessa nação é um tanto ingênuo — senão totalmente utópico, é uma espécie do romantismo que acredita que um povo é ruim porque lhe falta "alta cultura" e conhecimento.

Ademais. — Aqueles que são incapazes de resolver o que é inferior, serão incapazes de resolver o que é superior, ninguém resolve cálculos diferenciais e integrais ou tampouco avança na física superior se antes não tiver aprendido os fundamentos básicos da lógica matemática, as operações básicas e toda aritmética e álgebra elementar.

Ademais. — Uma coisa é o campo das ideias, onde o objeto em discussão é sempre o mais verdadeiro, bom e belo, com efeito, o que é ideal, outro é o campo prático e real. É mister que defendamos o que é correto sempre, a questão é que muitos presos ao campo das ideias onde tudo acaba por ser mais fácil, acabam por esquecer que nem tudo que é debatido no teórico é aplicável ao real e prático, pois, englobará inúmeras Variáveis e fatores que o torna inviável, com efeito, nesse aprisionamento ao campo do debate, gera-se uma verdadeira fantasia e alienação.

Ademais. — É verdade que a dita pedagogia que defendo no texto é realmente quase que impossível de ser aplicada em nossos tempos, é dificilíssimo ensinar ao homem e a sociedade moderna construída na base do liberalismo e do feminismo a ter novamente os valores que foram tão bem enterrados por eles. A questão é que é totalmente saudável propor um resgate de coisas boas que foram deixadas de lado, o problema seria não querer enfrentar a realidade como ela é.

Eis aí a diferença de um homem intelectual saudável que embora trabalhe defendendo o que é ideal, e, portanto, verdadeiro, bom e belo: ele sabe que a realidade por vezes é incompatível com o que ele pensa no campo das ideias, diferentemente do intelectual romântico que a todo custo se apega ao ideal e no final das contas nada consegue aplicar.

O Homem sábio é completo.

O que desejo transmitir por via deste texto é apontar que sim, é de grande importância que haja uma recuperação da vida intelectual num país como o Brasil que possui tantos adolescentes e adultos que mais estão preocupados com suas notas para passarem em suas respectivas provas — que aprender o conteúdo em si.

Estão mais preocupados em ostentar seus títulos acadêmicos e com isso humilhar os outros, diferentemente dos medievais que sabiam que o principio básico da busca do conhecimento e de todo tipo de educação é a humildade.

Os modernos desejam fortemente conseguir uma nota alta no Enem e também num concurso a ter que buscarem verdadeiramente a Sabedoria e a Santidade, diferentemente daqueles que estavam nos moldes das Cátedras Medievais que não apenas formavam profissionais —, mas cidadãos que sabiam que o destino a qual deviam seguir é os Céus e, portanto, a Santidade.

Os homens antigos sabiam que a busca do conhecimento é algo que está inerente ao Homem que foi feito de Alma e Corpo justamente para isso: ser capaz de conhecer a si mesmo e as coisas, a qual o objeto de todo conhecimento elevado é nada mais que a causa de tudo há — que é Deus mesmo.

Ademais. — Já dizia o Filósofo, a saber, Aristóteles: "Todos os homens têm, por natureza, desejo de conhecer". Quando o Filósofo diz sobre o "conhecer" não é um saber meramente superficial — e sim um saber profundo e alto, a qual o Homem quer entender os princípios e causas primeiras, ele quer compreender as coisas, e tamanho desejo não é cessado senão pela própria Sabedoria que é Deus.

Ademais. — Já dizia o Doutor da Graça, a saber, Santo Agostinho: "Fizeste-nos para ti Senhor, e nosso Coração anda inquieto, enquanto não repousar em ti". O grande santo doutor queria dizer que somente algo infinito pode saciar o nosso infinito desejo de amar e compreender as coisas — e esse infinito é Deus mesmo.

Contudo, há quem enxergue bem isso: que seus papéis devem ser de buscar a Sabedoria e a Santidade, mas tragicamente esquecem que não são Seres Angélicos que não possuem corpo — que são puro espírito. E, com isso negligenciam o Corpo em detrimento do Intelecto, assim como há tolos que deixam o Intelecto em detrimento do Corpo.

O Filósofo já dizia que cabe ao sábio ordenar as coisas, com efeito, é sensato que todo Homem deve conhecer a si mesmo e ordenar-se para a sua finalidade última que é Deus, a questão é que o Homem antes de alcançar seu Fim, deve viver ao meio de outros e com isso, deve aprender a bem viver — e também sobreviver quando necessário.

Além do mais, há três tipos de homens: aqueles que são ovelhas, aqueles que são lobos e aqueles que são cães pastores.

Obviamente que sempre haverá ovelhas e lobos por configuração orgânica e nata da natureza social humana, a questão é: uma ovelha pode vir a ser um cão pastor? Será que um homem em sã consciência gosta de ser a ovelha da história?

Acaso não é mais sensato um homem de bem ser um cão a ter que ser uma ovelha — e com isso ter como afastar os lobos que ameaçam a vida de sua mulher e filhos?

Deve existir harmonia entre Alma e Corpo, é claro que as faculdades da Alma devem ser priorizadas por serem superiores aos do Corpo, mas jamais o corpo deve ser ignorado.

Tal desarmonia é a característica própria do "homem moderno" que diante de tanta ociosidade e inatividade se transforma numa criatura afeminada, que por deixar de exercitar o seu ser que é masculino que exige constante atividade.

Do bom funcionamento da Pólis.

É fato consolidado e que foi explorado em primeira instância pelo Educador que demonstra a necessidade de três classes de homens para que uma Nação funcione bem, a saber, a classe dos trabalhadores, dos guerreiros e dos pensadores. Elas são análogas às potências da alma humana: concupiscível, irascível e racional.

Os racionais formados principalmente pelos eclesiásticos que são do Clero e que, portanto, porta vozes de Deus e que, com efeito, corpo docente que deve instruir o povo na Sã Doutrina.

Em segundo, encontram-se os filósofos e pensadores em geral que devem estar subordinados ao Magistério que é detentor das verdades concretas reveladas por Deus — e a partir disso trabalharem como auxiliares, mas também contribuindo para outros campos que não cabe ao Magistério tratar diretamente.

Em terceiro, encontraremos os políticos em geral que devem também estar subordinados ao Magistério, com efeito, seguindo a Moral regida pela Igreja, e a partir disso, efetivar as ações políticas tendo por base o que os clérigos e filósofos decidiram que é melhor para bem conduzir todos àqueles que estão na Pólis para à Pátria Celeste que é o fim último da Pólis.

Ademais. — O bom político é aquele que por meio de suas ações, faz com que o povo atinja a perfeição por via da lei que existe para que os homens sejam virtuosos.

Ademais. —
Dizia o Escritor, a saber, Chesterton: "A educação é simplesmente a alma de uma sociedade a passar de uma geração para a outra".

Os irascíveis são membros do corpo de guerreiros que visam proteger a Pólis dos perigos internos e externos, encontra-se a classe dos militares que devem assegurar o bom funcionamento da Pólis e manter a mesma em ordem.

Por último e não menos importantes estão os concupiscíveis que são todos aqueles que produzem algo que serve como Combustível aos cidadãos que por sua vez, serão capazes de fazer a Pólis funcionar. Cada um das inúmeras subclasses que estão inseridas em cada grupo de homens tem crucial importância para que a Pólis funcione.

Com efeito, juntos devem fazer de tudo para atingir duas finalidades a qual a primeira prevalece sobre a segunda que é fazer com que todo o organismo que compõe a Polis que são as Famílias a qual é a instituição base de uma sociedade, e, portanto, célula mãe da mesma, se encaminhem ao Rei Celeste que é Deus mesmo — e em segundo ao Bem Comum que é proporcionar o bem viver aos cidadãos em geral.

Das fases do Homem.

Todo Homem sábio percebe que sua vida é dividida em fases, nas quais ele deve atingir os objetivos de sua respectiva fase a qual se encontra.

A primeira é a infância que é a fase de Crescimento onde o garoto poderá gozar das alegrias próprias de sua idade —, sendo tutelado pelos seus pais e mestres que devem fazer com que o pequenino seja instruído no bem para que chegue à juventude preparado para encarar os seus primeiros desafios.

É de suma importância que durante essa fase o garoto em questão receba o Santo Sacramento do Batismo, a Primeira Santa Eucaristia e tenha tido uma boa catequese, com efeito, educado na Moral.

Ademais. — Dizia o Sábio, a saber, Salomão: "O jovem, que tenha o seu caminho, dele não se apartará, nem depois de ficar velho".

Além disso, é também na infância que se inicia os primeiros passos de uma instrução técnica, com efeito, como bem sabemos cada ser humano recebe de Deus determinados talentos e, com efeito, cabe ao tutor observar os primeiros sinais desses talentos ainda na infância para que quando a juventude chegue, possa trabalhar em cima de tais talentos para extrair do garoto — o melhor dele.

Ademais. — Dizia o Educador: "Não eduques as crianças nas várias disciplinas recorrendo à força, mas como se fosse um jogo, para que também possas observar melhor qual a disposição natural de cada um".

Em segundo, se encontra a juventude que é a fase da Potência, onde o mesmo cheio de energia e vitalidade próprias de sua idade deve começar a construir sua inteligência, estudando e buscando a Deus, ao mesmo tempo, deve começar a construir o seu corpo por via das artes corporais e dos esportes em geral, para que seja um bom homem, marido e pai e cidadão no futuro.

Ademais. — Dizia o Doutor da Juventude, a saber, São João Bosco: "A estrada que o homem escolher na juventude provavelmente será a mesma até a morte. Isso significa que se começar a viver bem na mocidade, decisivamente significa viverá nesse caminho e terá uma boa morte [...] Se desde o começo deixar-se dominar pelos vícios, possivelmente continuará assim em todas as etapas da vida".

Com efeito, a fase da juventude é onde o garoto decide se irá ser um homem ou um Homem no futuro. E para isso, sentirá o peso dos primeiros sacrifícios, dos primeiros desafios de sua vida, ter de lidar com a dor e o sofrimento, o abandono das ilusões e tentações dessa rica, — mas também tempestuosa fase.

Porque nessa fase da vida estará à mercê de tempestuosas energias vindas de dentro e de fora — que podem levá-lo ao abismo, a saber, os desejos desordenados da carne e da alma: sexo, bebedeiras, vaidade, arrogância, rebeldia e os demais vícios e tolices típicos da juventude, — que por sua vez são mais facilmente aprendidos e efetivados quando o garoto em questão se encontra com péssimas companhias. Com isso, é mister que o mesmo seja tutelado por pais e mestres sábios.

Além disso, o jovem ainda que cheio de energia sexual (uns mais, outros menos) que o fará pensar e desejar em ter relações sexuais com mulheres: embora tal desejo seja totalmente natural do ponto de vista da carne, o fato é que o jovem não poderá efetivar o seu desejo.

Pois não é permitida a prática de relações sexuais com uma mulher se ela não for sua esposa, com efeito, apenas no casamento e sempre atendendo a dupla finalidade do ato, conforme estabelecido por Deus.

Com efeito, ele deve saber conter e orientar o seu desejo sexual para usá-lo bem em sua fase adulta que começa depois de terminar sua formação —, e enquanto não chegar essa fase, deve transformar o que é fruto da carne em algo proveitoso, a saber, pegar tal energia e converte-la em força motriz para conseguir agir bem e pensar bem.

Muito do vigor que se recebe quando jovem é desperdiçado pela própria tolice do jovem que não conseguiu conhecer a si mesmo, assim como também perdido pela falta de apoio e instrução de um sábio que o faria aproveitar bem suas potencialidades.

Ademais. — Um erro crasso cometido por pais e mestres é não saber orientar os seus filhos no quesito da sexualidade. O desejo sexual em si não é ruim, não é errado sentir atração pelo sexo oposto, o problema é alimentar tal desejo a ponto que o garoto acabe deixando de lado o essencial da vida que é viver na santidade, buscando a Deus e construindo sua inteligência e corpo, para ser um bom Homem no futuro.

Ao deixar isso de lado, acaba por cair nos vícios sensuais e típicos de nossos tempos como a masturbação e a pornografia — e em alguns casos a própria fornicação que são totalmente destrutivos, fazendo assim com que o garoto aos poucos dizime sua inteligência e sensibilidade que serão doadas aos vícios, dizimando pouco a pouco seus sentidos corporais e espirituais.

Além disso, há duas condutas de instrução que são praticadas erroneamente por pais e mestres, geralmente é dividida em: linha liberal e a linha puritana. A primeira se baseia na concepção de que o garoto deve satisfazer seus desejos a todo custo.

A segunda de que ele deve conter todos os desejos a tal ponto que renegue o próprio desejo e a própria identidade de ser, com isso, passa a ver naquilo um mal terrível.

As consequências de ambas as instruções é que a primeira vai por sua vez gerar um homem imoral e sujo, e a segunda por sua vez acabará por criar um afeminado escrupuloso e problemático.

Em terceiro, temos a fase adulta onde o mesmo continua a se desenvolver, no entanto, ele aplica o que construiu na juventude, produzindo então uma família, ademais, nessa fase da vida do Homem é muito importante que o mesmo tenha grande atividade de seu ser, com efeito, deve ter uma vida intelectual e corporal ativas.

No caso da corporal, deve continuar a se exercitar e também ter uma sexualidade ativa com sua esposa, ademais, o sexo é algo que transforma a potência aparente do homem em potência ativa, ele deve converter o que está em ociosidade em algo ativo, claro que toda sexualidade deve ser sempre aberta à vida, para que o sexo cumpra sua dupla finalidade, a saber, procriativa e unitiva.

Além disso, quanto mais filhos, maior é a família, e, portanto, mais forte ela será, e com isso, os Céus receberá mais almas para a Glória de Deus e mais cidadãos para o sucesso da Pólis. Com efeito, o Homem adulto, trabalha para o Bem Comum da Pólis e para o Bem Supremo que é Deus: Maturidade.

Na quarta parte, encontramos a velhice que é marcada pela Sabedoria onde poderá utilizar de sua maturidade, experiência e conhecimentos adquiridos ao longo da vida, para construir coisas ainda mais profundas, típicas de sua idade.

Ele terá por aliado a progressiva diminuição dos desejos da carne que em ausência facilitam o uso da força motriz da inteligência, com efeito, torna-se mais capaz de pensar, além de contribuir para os que se encontram nas fases anteriores.

Ademais. — É de suma importância que o dito Homem Ancião que está na velhice, compartilhe sua sabedoria com os mais novos, instruindo-os no caminho correto, dando exemplos virtuosos para que os jovens se inspirem a serem bons homens, assim como também dar apoio e aconselhamento aos adultos que se encontram desanimados por terem tantas pressões que os atingem — por fazerem parte da força motriz principal da Pólis.

Ademais. — Já dizia o Escritor: "Há grandes homens que fazem com que todos se sintam pequenos. Mas o verdadeiro grande homem é aquele que faz com que todos se sintam grandes".

Por fim, encontramos a quinta e última fase que é a chamo de "antecâmara da contemplação da Verdade": É quando o Homem esgotado após anos e anos de muito trabalho e esforço, prepara-se para o encontro com aquele que é, aproveita seus últimos anos de vida descansando.

Alegre e satisfeito de ter constituído uma boa família, ter amado e cuidado de sua amada esposa e filhos, de ter aconselhados e ajudado tantos jovens e adultos, além de ter contribuído tanto para sua nação e para o bem comum em geral, além de ter vivido virtuosamente, e então deve aguardar o chamado definitivo com Deus.

Ademais. — Quão maravilhoso deve ser ao velho moribundo sentir o chamado de Deus em sua cama e ao lado ter a sua velha esposa que tanto o amou. Saber que seus filhos e netos por ele são gratos por tudo que ele fez por eles, e deles possuir o amor —, e com isso, quem dirá que tal morte será ruim? Quando o sopro da vida estiver saindo de si, estará ele então ao lado de seu companheiro angelical e por ele ser conduzido ao Tribunal do Supremo e Justo Rei que o espera ansiosamente.

O Homem sábio é completo e ele alcança essa proeza quando conhece a si mesmo, desenvolve as potências que nele estão adormecidas e as transforma em ato, com efeito, ao desenvolver-se, encontra uma boa mulher para preencher o pedaço que nele falta, para que se torne uno.

Com efeito, ele forma uma família com aquela que é "osso dos seus ossos, e carne de sua carne" e juntos caminham à Pátria Celeste — e com isso consegue ser verdadeiramente completo.

O Homem Completo é aquele que conseguiu compreender quem ele é; de onde ele veio; para que ele foi criado — e para onde ele vai, com efeito, conseguiu conquistar a si mesmo, ordenando todo o seu ser com o auxílio da Graça Divina que o alimentou.

Por efeito de sua sabedoria, faz com que as coisas ao seu redor e principalmente os outros também encontrem a ordenação de si mesmos para atingirem suas excelências, com efeito, faz com que tudo seja voltado ao Sumo Bem que é Deus.

Com efeito, todas as ações feitas por esse tipo de Homem raro é conforme o lema professado pelo do Doutor da Ortodoxia, a saber, Papa São Pio X que se consistia em: "Restaurar todas as coisas em Cristo".

Além do mais, a suprema arte de ser Homem consiste em conseguir ter uma vida contemplativa e prática, o supremo Homem não é aquele que necessariamente possui grande poder, que tem grandes riquezas, que tem grande fama, grandes proezas e construções ou muitas mulheres.

Em verdade, o Homem supremo é primeiramente simples em seu ser: é aquele que conseguiu a harmonia entre sua alma e corpo, colocando o corpo subordinado à alma e fazendo com que essa unidade atinja sua perfeição, assim como utilizando de sua supremacia conquistada, constitui uma família — e com ela caminha para Deus que é fonte de todas as perfeições.

Ademais. — Há três tipos de homens: os cerebrais que possuem um intelecto aprimorado; os corporais que possuem um corpo aprimorado e pronto para o combate, e os completos que é a união de ambos e esse terceiro tipo é o que atinge a supremacia.

Além do mais, é sempre necessário que se diga que a vida que nos foi dada existe para que por meio dela ganhemos méritos diante de Deus a qual nos dá toda a Graça necessária para que um dia façamos parte da Pátria Celeste onde repousaremos em definitivo no Amor e Paz de Deus.

Cada um escolhe o caminho a qual deseja trilhar, no entanto, bem sabemos que o melhor caminho sempre é aquele a qual nos leva ao Senhor que é Caminho que nos leva à Verdade que por sua vez nos leva à Vida.

Encontraremos esse Caminho por via dos caminhos que nos conduzem a Roma Eterna que é onde se encontra a sua amada Esposa, a Santa Igreja Católica Apostólica Romana, a qual fora dela não há salvação.

Por isso caro leitor, busque a sabedoria, busque o aperfeiçoamento de seu corpo, seja pensador, seja forte e guerreiro, seja santo.

Fomos feitos para sermos forjados, fomos feitos para a guerra, e, portanto devemos nos preparar para qualquer tipo de combate.

Glória a Deus! Ave Maria Santíssima! Salve Roma Eterna! Força e Honra! Sempre Fiel!

Comentários

Postagens mais visitadas