Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos. Por: Vinicius Martinez
Introdução.

Se podemos dizer que há um período na História Humana onde o Homem deixou de entender a si mesmo, esse período é o nosso. Vivemos num mundo desenvolvido tecnologicamente, mas precariamente os homens que participam desses tempos, não acompanharam o avanço das técnicas que por eles mesmos foram desenvolvidas.

É fato que vivemos numa sociedade apóstata que abandonou a Verdade e que se rendeu ao Liberalismo em todos os seus aspectos, o que por sua vez deu forças ao modernismo na religiosidade, assim como pavimentou a civilização ocidental para experimentar as tenebrosas revoluções sangrentas do século XX.

Por sua vez, nessa breve introdução, cito que o triunfo da tão má compreendida ideologia feminista, que embora muitos falem dela, não sabem que a mesma não é só uma simples demência do que chamamos de "Mundo Moderno".

Parafraseando a afirmação do Dou…

De nada adianta ter uma dita "maioria" católica se esse número de pessoas não possui o exercício real da fé que dizem professar

De nada adianta ter uma dita "maioria" católica se esse número de pessoas não possui o exercício real da fé que dizem professar.

Por: Vinicius Martinez

 
Ora, o que mais deixou as pessoas com a Fé frouxa? Ademais, o que removeu a Fé das pessoas? Acaso não foi o Concílio Vaticano II dando-lhes uma concepção totalmente "nova" de religião: uma religião liberal?

Ficar dizendo que é um verdadeiro defensor da Santa Igreja, dizendo que luta para que as coisas sejam restauradas para Cristo Rei sem condenar os erros e heresias absurdas que se deram mediante as concepções revolucionárias trazidas pelo Concílio é totalmente delirante.

Muitos gritam "Viva Cristo Rei", mas quem de fato está restaurando as coisas verdadeiramente para Cristo? Como restaurar o Reinado Social de Jesus Cristo sem condenar todos os erros e heresias modernas? Como lutar pelo Bem, sem lutar pela Verdade?

Além disso, números são apenas números, o que importa é a substância que está por de trás desses números, do contrário é apenas uma representação abstrata de algo sem valor efetivo.

Ademais, a prova de que números não significam nada, é o simples fato de que a população brasileira é considerada de maioria católica, no entanto, ainda assim o mal triunfa no Brasil com grande êxito.

Ora, aqueles que possuem a Fé e que servem a Deus, por onde passam levam consigo a Luz Divina a qual desmancha a podridão que os acerca, pois, a Luz sempre é mais forte que as Trevas que é ausência de Luz.

Se realmente existissem muitas pessoas verdadeiramente católicas, a sociedade por efeito seria reflexo da Fé dessas pessoas. No entanto, ademais, aonde vemos o reflexo da Fé Católica do povo brasileiro?

Vemos a criminalidade brutal de 70 mil homicídios por ano, milhões de assaltos, corrupção pandêmica, promiscuidade total e pilantragem reinante e uma cultura degenerada. Onde está a maioria católica desse país?

Tudo isso é reflexo da fraqueza espiritual e das concepções errôneas que as pessoas possuem de religião e política de nossos tempos que tornam possível que essa anomalia bizarra se manifeste efetivamente.

Desgraçadamente aqueles que promoveram essa dizimação de nosso país foram colocados no poder por via do apoio de pessoas que são consideradas "católicas" — e em verdade, pessoas que foram educadas na "nova religião" do Vaticano II que feriu gravemente a inteligência e espiritualidade das pessoas de todo o mundo.

A destruição Moral da Europa e do Brasil é nada mais que os efeitos do poder de destruição do Vírus que se alastrou pelas brechas deixadas pelo Concílio: a qual a fumaça satânica entrou no Templo de Deus levando uma doença pior que qualquer câncer — e ela está em estágio avançado, apodrecendo e matando almas por onde passa.

Ademais, é sempre necessário ressaltar que não sou da posição que deposita todas as desgraças de nossos tempos no Concílio: fazer isso seria ignorância. Mas, é fato indubitável que este Concílio assim como foi a Revolução Francesa, modificou a estrutura de pensamento e funcionamento de pessoas e sociedades de maneira negativa.

Fechar os olhos para algo tão visível é um absurdo que é nada mais que covardia camuflada de "amor pela Igreja". Não seja idiota a ponto de achar que papas, cardeais, bispos e padres são sempre bonitinhos e isentos de erros por terem a Ordenação.

O Clericalismo é uma estupidez que durante toda a História fez com que heresiarcas tivessem apoio: os maiores hereges de todos os tempos vieram do Clero.

Além do mais, se por um lado há um clericalismo cego e doentio, há uma contra posição que é o total Anticlericalismo que visa minar o Magistério que é instituído verdadeiramente para que o sigamos.

No entanto, o ponto é que o Magistério deve nos levar para Deus e não nos afastar, com efeito, se o mesmo nos leva para o abismo não temos de segui-lo.

Lutemos pelo Reinado Social de Nosso Senhor Jesus Cristo, estando com a Igreja e não com uma falsa igreja propagada pela "nova forma" de ser católico que é nada mais que a evolução: a espécie mais avançada do Modernismo que fora condenado há tantos anos — e que hoje tem roupagem de "tradicionalismo".

Glória a Deus! Ave Maria Santíssima! Salve Roma Eterna! Força e Honra! Sempre Fiel!

Comentários

Postagens mais visitadas