Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos. Por: Vinicius Martinez
Introdução.

Se podemos dizer que há um período na História Humana onde o Homem deixou de entender a si mesmo, esse período é o nosso. Vivemos num mundo desenvolvido tecnologicamente, mas precariamente os homens que participam desses tempos, não acompanharam o avanço das técnicas que por eles mesmos foram desenvolvidas.

É fato que vivemos numa sociedade apóstata que abandonou a Verdade e que se rendeu ao Liberalismo em todos os seus aspectos, o que por sua vez deu forças ao modernismo na religiosidade, assim como pavimentou a civilização ocidental para experimentar as tenebrosas revoluções sangrentas do século XX.

Por sua vez, nessa breve introdução, cito que o triunfo da tão má compreendida ideologia feminista, que embora muitos falem dela, não sabem que a mesma não é só uma simples demência do que chamamos de "Mundo Moderno".

Parafraseando a afirmação do Dou…

Da morte gloriosa

Da morte gloriosa.

Por: Vinicius Martinez

"A minha vida é um só instante, uma hora passageira, a minha vida é um só dia que me escapa e me foge. Tu sabes, ó meu Deus! Para amar-te na Terra só tenho o dia de hoje." Santa Teresinha

Todo Homem há de cair definitivamente um dia. No entanto, ademais, temos potência para escolher como se sucederá essa queda: se há de ser gloriosa ou não.

Eu escolhi que quando chegar a minha hora, quando eu sentir o vigor da minha vida sendo removida pela morte de mim —, nos poucos momentos de vida que me restarem, desejo cair dizendo em meu íntimo: "Tudo que fiz foi pela tua Glória ó meu Senhor e meu Deu! Eu vos amo e desejo repousar em vós".

Com efeito, quando ocorrer a separação de meu Espírito de meu frágil Corpo, irei ao encontro de meu Senhor em seu Santo Tribunal —, guiado por meu Santo Anjo da Guarda — e lá encontrarei a Santíssima a qual será minha Advogada. 

Eu de fato, desejo poder respousar definitivamente na presença de meu Senhor. Para isso sei que além da Graça que meu Bom Deus me concede, devo efetivá-la: devo transformar o que me dado que está em potência — em ato.

Foi me dada a Fé e devo expressá-la por via da Caridade que é a expressão vísivel do que creio e espero: é na Caridade e no sacríficio —, na vida voltada ao Senhor que poderei encontrar a Suma Felicidade que é dada por Deus ao atingirmos a nossa finalidade última que é contemplação da Verdade.

Tão glorioso deve ser viver e quando a hora chegar, — partir sabendo que fiz o que deveria ter feito, com efeito, morrer na paz e amizade de meu Senhor.

Mas quão trágico deve ser se a Graça que me foi dada não ter sido transformada em ato, ou seja, quão terrível será se eu não conseguir efetivar aquilo que me foi dado — que se consiste em fazer o bem. 

Quão triste e terrível deve ser se eu falhar com Deus — e ser apartado dele permanentemente no Abismo Eterno.

Ó eu fui feito para amar e ser amado e eu te desejo Ó meu Deus, és tudo para mim e não penso em outra coisa senão em fazer o que me faz me voltar para ti. 

"Fizeste-nos para ti Senhor e nosso Coração anda inquieto enquanto não repousar em ti." Santo Agostinho

Glória a Deus! Ave Maria Santíssima! Salve Roma Eterna! Força e Honra! Sempre Fiel!

Comentários

Postagens mais visitadas