Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois.
Por: Vinicius Martinez
“Devemos suportar tudo, porque o sofrimento é pequeno e a recompensa é grande.” Santa Catarina de Sena 
Um magnífico sinal da Graça de Deus em nossas vidas é quando uma pessoa que amamos ou que temos grande consideração por ela. 
Nos machuca em decorrência de uma atitude, seja uma escolha ou uma declaração que tenha ferido os nossos sentimentos, assim como também tenha contrariado a nossa vontade.
O ser humano naturalmente ao ser contrariado em sua vontade tende a se entristecer, pois, de fato dói ter a nossa vontade, os nossos desejos sido negados —, dói ser machucado por uma pessoa que tanto amamos. 
Geralmente a reação natural após sermos machucados por uma pessoa, é de tristeza, revolta e raiva. No entanto, por alguma operação de ordem sobrenatural. 
Ainda que entremos numa forte tristeza, ainda que choremos muito por causa da dor que sentimos, ainda assim em nosso coração persiste o Amor, o desejo do Sumo…

Sobre a beleza feminina, as vestes genuínas e outros assuntos

Sobre a beleza feminina, as vestes genuínas e outros assuntos.

Por: Vinicius Martinez

"A Moda de vestes é crucial, pois transmite o belo por meio das vestimentas — que refletem a forma visível de nosso ser. Com efeito, não existe melhor veste feminina que os vestidos e saias, que são o tipo de veste que mais permitem a conformidade entre o ser e a forma feminina." Vinicius Martinez

Do ser Humano.

Deus em sua infinita sabedoria criou a Mulher para o Homem, para que este pudesse ver o Amor que ele o Senhor possuía por ele.

Ora, Adão tinha de tudo a sua disposição, ele tinha a amizade de Deus, ele tinha domínio sobre si, ele tinha toda a terra — a natureza para servi-lo.

No entanto, ainda assim lhe restava algo, e esse algo era Eva, e então Deus lhe deu a Mulher para que Adão pudesse então estar completo.

A Mulher é o Feminino do ser Humano, logo, ela possui suas próprias particularidades, que é a sua estrutura biopsíquica que é diferente do Homem. A Mulher por excelência é um ser feito para ser a representação máxima da beleza visível, ela é a mais fidedigna fonte visível dos transcendentais.

A beleza feminina impulsiona os homens para Deus, pois numa bela e virtuosa mulher, o Homem é voltado para Deus, pois a Beleza feminina ela tem a plenitude dos transcendentais, a saber, o bom, o verdadeiro e o belo.

O belo feminino não existe em vão, ele foi criado para que o Homem pudesse enxergar na Mulher o Amor de Deus por ele, com efeito, a Mulher tem a função de santificar e ser a janela para Deus do Homem, e isso se alcança por via do Santo Matrimônio que torna o Homem e a Mulher — uma só carne.

No entanto, essa especificidade da beleza feminina pode ser deturpada caso a Mulher troque o belo feminino pelo que é meramente carnal, e isso ocorre quando a Mulher mostra-se como objeto sexual — mostrando seu corpo que é sexual.

Pois, o Homem não é um ser angélico, mas um ser que também é animal, e, portanto, possuí a concupiscência que é ativada pela aparência física da Mulher, pois, o Homem tem desejo sexual pelo sexo oposto.

Com efeito, ao ativar esse lado concupiscível que na maioria das vezes é desordenado, ele tende a ficar animalizado, logo o Homem tende não ver a Mulher mais como uma janela para Deus, mas como um ser fonte de prazeres extremos.

Logo, o Homem já não mais se volta para Deus, mas para si, e torna a Mulher como um objeto meramente animal e que consequentemente, não possui dignidade.

Das vestes e a beleza feminina.

As vestes existem justamente para que essa desordem causada pelo Pecado Original, que fez com que o Homem tivesse uma visão "objetificadora" da Mulher —, fosse impedida por via da vestimenta que aplaca a concupiscência que agora é presente no Homem que já não possuí domínio sobre si, e que não possuí mais o estado de inocência original.

Com efeito, as mulheres agora devem cobrir o corpo com vestes apropriadas que transmitam a beleza que há internamente na Alma, mas que não pode ser enxergada pelos sentidos humanos.

Com efeito, vestindo-se adequadamente, a concupiscência desordenada dos homens é controlada e passa a ser orientada para algo bom.

Pois, ao vestir-se bem, a Mulher volta a ser o ápice da beleza visível e que tem por efeito, o impulsionar da Vontade e do Intelecto dos Homens a fazerem coisas boas.

É isso que a bela Mulher faz no Homem, ela o inspira a ser bom, ela o inspira a ser forte e honrado.

Ademais. — A sensualidade feminina é também a expressão do belo feminino, é quando o caráter do belo atinge o seu ápice, deixando o Homem em "êxtase", mas essa especificidade do belo feminino só deve ser transmitida ao Marido, e não aos outros homens que hão de vê-la e desejar as coisas mais sebosas possíveis.

Neste caso, a sensualidade feminina não é de maneira alguma, algo ruim, mas pode vir a ser caso esteja orientada para algo que é ruim, que é a exposição gratuita da mesma, atiçando a concupiscência alheia.

A sensualidade feminina é boa quando é orientada para algo bom —, que neste caso é quando é usada para um Homem, a saber, o Marido. Os efeitos da sensualidade feminina existem para que o Homem seja ativado para o ato sexual que só pode ser feito dentro do Santo Matrimônio, e do qual, possui dupla função: procriação e união.

A beleza sensual da Mulher existe para a alegria e prazer do Marido, pois, do gozo que o Homem possui ao estar com sua Esposa em uma relação sexual; tanto maior será sua capacidade de se doar por ela e demonstrar seu afeto pela mesma.

Consequentemente a Mulher também há de ter seu gozo que é a alegria, com efeito, ambos alcançam a satisfação bendita e querida por Deus.

A que se entende por belo feminino?

Respondo: o belo feminino é a conformidade entre Ser e Forma, neste caso, o ser, se traduz como: as propriedades intrínsecas que estão primeiramente na Alma da Mulher. Com efeito, o ser humano também possui forma visível, diferente dos seres angélicos.

Eis que encontramos a forma de ser feminina que é refletida por via de suas atitudes; por via de sua maneira de se vestir e portar — na forma de falar e agir.

Ademais. — Nada é mais belo, verdadeiro e bom que ver uma Mulher bonita, nada causa ao ser humano tanta admiração e contemplação que a beleza feminina. Nenhuma paisagem natural, nenhuma arte do belo, música, pintura, prédio, carro, casa, estátua ou que for; tudo possui sua beleza, mas nenhuma beleza supera a beleza feminina.

Da excelência das vestes genuínas e seus efeitos.

Retornando ao que fora escrito no início do texto: "Com efeito, não existe melhor veste feminina que os vestidos e saias, eles são o tipo de veste que mais permitem a conformidade entre o ser e a forma feminina".

É claro que há roupas bonitas que não sejam necessariamente vestidos e saias, mas nenhum chega perto da conformidade e beleza que esse tipo de veste transmite ao ser usado pelas Mulheres.

Logo, não é difícil afirmar que sãos os vestidos e as saias que são as genuínas vestes femininas e que, portanto, toda boa mulher deveria adotar para si, esse tipo de vestes, pois, assim seriam verdadeiras mulheres.

Ademais. — É óbvio que a veste em si não tem poder para ditar se uma Mulher é virtuosa ou não, a questão não é essa, a questão é que os vestidos e saias são a verdadeira forma de se vestir feminina. As vestes não definem o caráter de uma mulher, mas certamente toda Mulher de Caráter virtuoso define bem suas vestes.

De fato, há muitas mulheres que se vestem dessa forma genuína, mas são podres por dentro, mas embora podres por dentro, não se pode negar o fato de que o jeito que elas demonstram-se por fora é belo.

Conquanto que fosse melhor que houvesse congruência entre o ser e a forma delas; que no caso da mulher podre por dentro não há.

Ademais. — Ainda que uma mulher seja podre por dentro, mas use vestes genuínas, isso tem efeitos benéficos em outras pessoas. O primeiro é o simples fato de que os homens hão de passar pelo processo citado no texto, de ficarem inspirados a serem fortes e honrados.

O segundo é que há de inspirar outras mulheres a se vestirem bem também; pois, as mulheres possuem uma psicologia coletivista, que as fazem seguir as modas vigentes.

Ora, quanto mais mulheres bem vestidas, maior a probabilidade de isso vir a se tornar uma moda vigente, com efeito, as mulheres hão de imitar umas as outras.

Eis do motivo de que hoje há tantas mulheres vestindo-se de maneira inadequada, de maneira vulgar, pois, a podridão infecta tudo que está ao redor, a menos que algo a remova antes de iniciar o processo.

Ademais. — Veja que embora uma mulher possa ser podre por dentro, ainda assim, indiretamente sem ela saber, ela estará fazendo algum bem.

Por isso, mesmo que uma mulher seja hipócrita e vaidosa e vestir-se bem apenas para que os outros a admirem no sentido de vê-la como boa pessoa, quando na verdade ela não é, ainda assim é melhor a falsidade dela, do que ela se vestir vulgarmente, pois, neste caso, não haveria nenhum bem direto ou indireto a ser feito, mas apenas o mal.

Ademais. — A mulher virtuosa santifica não só o seu marido e seus filhos, mas também a sociedade.

Finalizo — Todas as mulheres que se vestem com longos vestidos e saias possuem meu respeito, já ganham uma boa pontuação comigo. Embora as vestes em si não sejam sinônimo concreto do caráter da pessoa em si, a verdade é que toda boa pessoa sabe como se vestir.

Não há veste mais bela e completa e que, portanto, permite a expressão real do ser feminino, que os vestidos e saias. Logo, toda boa Mulher deveria se vestir assim.

Pois, assim, estarão agradando a Deus e educando os homens e consequentemente, trazendo para si, aqueles que hão de respeita-las.

Os vestidos e saias são vestes atemporais; sempre foram e sempre hão de ser a verdadeira expressão visível do ser feminino.

Além do mais, lembra-te de como a Santíssima se demonstra, acaso ela está usando o que?

Não é algo semelhante a um belíssimo vestido longo? Acaso ela também não usa um Véu em diversas aparições e representações artísticas?

Pois é, tenha a Santíssima Mãe de Deus: a maior de todas as mulheres, a supremacia das virtudes; como exemplo de feminilidade.

Apêndice A: Quando os vestidos e saias também se tornam errados.

Quando foi dito no texto que os vestidos e saias são as verdadeiras e genuínas roupas femininas, eu não me refiro a todos os tipos de vestidos, pois, em nossos tempos há outros tipos de vestidos e saias que são imodestos.

Neste caso, os vestidos e saias curtas são imodestos, pois, ressaltam as partes salientes da Mulher, a saber, a exposição das pernas e principalmente as coxas da Mulher que possuí efeitos eróticos no Homem.

Há também os vestidos longos, mas que evidenciam os decotes, ora, de que adianta cobrir as pernas e a bunda e deixar as curvas dos peitos expostos? Os decotes também possuem alto poder erótico.

Há também os vestidos transparentes, que evidenciam os peitos e também as curvas superiores e os vestidos apertados e modeladores que desenham o corpo feminino, tornando-o bem erótico, com efeito, também hão de causar os mesmos efeitos nos homens.

Inclusive tais vestes possuem um efeito ainda mais sensual que se tivessem com roupas mais curtas, pois, por vezes o que é oculto tem maior efeito de desejo que o que é bem exposto.

Pois o transparente num vestido longo que ressalta as partes salientes, tem um poder de erotização enorme na imaginação dos homens que hão de ficar curiosos e imaginativos no que está por de trás daquela veste. Por isso, não convém utilizar vestidos com certos tipos de rendas em determinados locais.

Logo, o vestido e a saia genuína e correta é sempre aquela que não deixe o decote evidente, que não modele tanto o corpo a ponto de desenhar e evidenciar as curvas da Mulher, assim como deve estar abaixo do joelho.

O que digo é evidente para todos. Toda mulher sabe que seu corpo tem essas propriedades no Homem. O que eu digo nessa parte do texto, também está bem dito em qualquer livro ou exposição de moda e modéstia séria que é voltado sob a ótica do que nos foi Revelado, que foram expostos por homens e mulheres sábias.

Deve-se também evitar os extremismos puritanos que a todo custo diz que a Mulher não pode mostrar nem o cotovelo, isso é estupidez, tenha bom senso.

Aqueles que possuem verdadeiro senso de Harmonia das coisas conseguem avaliar todas as diversas variáveis que estão inseridas numa veste e num contexto de uso.

Pois, há partes do corpo que são neutras, intermediárias e salientes. Cada formato de peça de uma veste, deve estar em conformidade com o forma determinada da Mulher em questão, para que então haja harmonia.

A Moda não é algo irracional, onde uma pessoa sai costurando uma peça e com isso surge uma roupa. Aqueles que pensam assim, não sabem o que de fato é a Arte da Moda das vestes, que exige inteligência e técnica para que seja produzida uma veste bela.

Eis do motivo de que hoje há tantas modas bizarras e feias, pois, a maioria dos ditos "estilistas" são pessoas que perderam a noção do que é o Homem e a Mulher, suas particularidades e especificidades, assim como perderam noção de ordem, harmonia, contexto e projeção.

Ademais. — Veja as quatro mulheres da foto do texto que coloquei para evidenciar o que é uma mulher bela e bem vestida. Todas utilizam vestes extremamente belas e conformes, portanto, nada imodestos, com efeito, belas estão.

Apêndice B: Delírios puritanos.

Como já bem tratado no texto, é muito importante que as mulheres sejam modestas e demonstrem suas belezas genuínas, no entanto, há um extremo puritano que está dentro e fora da Igreja, que praticamente joga toda a culpa dos pecados sexuais nas mulheres.

Esse extremo é principalmente adotado por homens problemáticos que vê as mulheres como seres malignos e fonte de todos os pecados.

Esses sujeitos patéticos propagam que não pode nem chegar perto de uma mulher, que elas devem se cobrir a todo custo e que a culpa dos pecados sexuais cometidos por eles, é da mulher.

Estes sujeitos são doentes mentais, e mesmo que uma mulher esteja bem vestida, transmitindo o belo, ainda as vê dessa forma animalesca.

Pois, são verdadeiros pervertidos sexuais que possuem sérios problemas mentais, que por vezes surgiram em decorrência de traumas com mulheres e que com o tempo, foi evoluindo, até se tornar nessa mentalidade de ordem gnóstica misógina.

Em verdade, é um bando de moleques fracos e que, portanto, não são Homens, e sim, um bando de fracos que não dominam a si mesmos e que não podem ser chamados jamais de Homens, mas de moleques mesmo. Pois, esse tipo de sujeito é uma desonra aos Honrados. Se conhecer um sujeito assim, diga a ele para que vire um Homem!

Por outro lado, há também mulheres que entram num escrúpulo, num delírio enorme, dizendo que todas as roupas que não são saias e vestidos longos, são necessariamente malignas e que levam ao Inferno.

Que não pode se maquiar; que não pode postar fotos de si mesmas nas redes sociais, pois, é pecado da vaidade, que não pode se expor jamais, pois, sempre é errado demonstrar a beleza.

Neste caso em particular, percebo que tais mulheres, entram nesses delírios com as outras, não porque amam a modéstia e a pureza que deveria ser adotada pelas mulheres, mas porque elas sentem inveja da beleza das outras.

Com efeito, esse tipo de puritana, tenta a todo custo, fazer com que as outras não mostrem suas belezas aos outros, para que ela então possa se sentir mais confortável, ao saber que a outra receberá menos elogios por ser mais bonita que ela.

Inclusive, algumas são tão delirantes que hão de dizer que as mulheres que selecionei para a imagem do texto, estão imodestas.

Por fim: As mulheres deixam o mundo mais belo, se não fosse pela beleza feminina, talvez sequer tivéssemos tantas tecnologias que nos trazem demasiado conforto, sequer haveria existido tantas coisas bonitas por via das artes do belo.

Pois, é por causa da beleza feminina que os homens durante toda a História, foram inspirados a serem fortes e honrados, e com isso, motivados a fazerem tantas coisas boas, para que pudessem conquistar o coração e mente de uma boa Mulher.

"A beleza é o reflexo da Verdade." Santo Tomás de Aquino

"Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis." Provérbios 31:10

"Feliz o homem que tem uma boa mulher, pois, se duplicará o número de seus anos. A mulher forte faz a alegria de seu marido, e derramará paz nos anos de sua vida." Eclesiástico 26:1-2

Glória a Deus! Ave Maria Santíssima! Salve Roma Eterna! Força e Honra! Sempre Fiel!

Comentários

Postagens mais visitadas