Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois.
Por: Vinicius Martinez
“Devemos suportar tudo, porque o sofrimento é pequeno e a recompensa é grande.” Santa Catarina de Sena 
Um magnífico sinal da Graça de Deus em nossas vidas é quando uma pessoa que amamos ou que temos grande consideração por ela. 
Nos machuca em decorrência de uma atitude, seja uma escolha ou uma declaração que tenha ferido os nossos sentimentos, assim como também tenha contrariado a nossa vontade.
O ser humano naturalmente ao ser contrariado em sua vontade tende a se entristecer, pois, de fato dói ter a nossa vontade, os nossos desejos sido negados —, dói ser machucado por uma pessoa que tanto amamos. 
Geralmente a reação natural após sermos machucados por uma pessoa, é de tristeza, revolta e raiva. No entanto, por alguma operação de ordem sobrenatural. 
Ainda que entremos numa forte tristeza, ainda que choremos muito por causa da dor que sentimos, ainda assim em nosso coração persiste o Amor, o desejo do Sumo…

Mais um delírio de Olavo de Carvalho

Mais um delírio de Olavo de Carvalho.

Por: Vinicius Martinez

"Assim como todos os homens desejam naturalmente conhecer a verdade, também é inerente aos homens o desejo natural de evitar os erros e de refutá-los quando tiverem essa capacidade." Santo Tomás de Aquino

Olavo afirma o seguinte: "O Apóstolo ensinava: "Experimente de tudo e fique com o que é bom." O cagotólico ensina: "Não experimente nada. Faça o que eu mando e nunca saia de casa".


Mas em contrário, diz o Apóstolo, a saber, São Paulo: "Tudo me é permitido", mas nem tudo convém. Mas eu não deixarei que nada me domine".

O que realmente Olavo de Carvalho quis dizer com maligna afirmação aos seus alunos.

"Alunos, experimentem de tudo, não importa se o que vocês irão experimentar é pecado ou veneno para vida de vocês, o que importa é experimentar, se for bom fique, se não for, jogue fora, vocês só saberão se algo é bom, mediante a experiência".

Respondendo a essa maligna proposição liberal de Olavo de Carvalho.

Primeiro: O Apóstolo São Paulo jamais disse uma abominação dessas.

Segundo: Embora tenhamos o Livre Arbítrio, isso não significa que temos o direito de fazer o que é mal, ele existe para que busquemos o bem mediante a nossa Inteligência. É claro que em decorrência da fraqueza humana, muitos abusam e buscam fazer o mal.

Terceiro: Eu não preciso me drogar com cocaína, para saber que aquilo é ruim, não preciso ter fornicações para saber que isso é ruim. Eu não preciso entrar numa seita ocultista, para saber que aquilo é ruim. 

Se soubermos a Verdade, tudo que não for dela é falso, com efeito, não há necessidade alguma de tentar descobrir o falso, por via do falso.

Quarto: Há um grande perigo no dito experimentar tudo, pois, mediante a fraqueza humana, muitos ao experimentarem o que é errado, podem passar a gostar daquilo, com efeito, hão de se afastar da reta justiça de Deus.

Quinto: A Inteligência quando adere a Verdade que é o Verbo Eterno de Deus, sabe discernir o que é certo e errado, com efeito, não é necessária a "experiência" para saber que algo é substancialmente ruim.

Sexto: Quando o Apóstolo diz em Tessalonicenses que: "Examinai tudo: abraçai o que é bom. Guardai-vos de toda a espécie de mal". Ele diz "Examinai" tudo não no sentido de que tenha de experimentar o que é ruim. 

Em verdade, ele se refere à capacidade que nós temos mediante a nossa Inteligência de saber que algo é ruim, em seguida ele diz para abraçarmos o que é bom. 

Pois, a primeira operação Intelectual nesse contexto é de ter repelido o mal e consequentemente abraçado o bem. 

Por fim, o Apóstolo nos diz para nos protegermos do mal, o que invalidaria as ditas "experiências" com o que é substancialmente mal.

Sétimo: Se para for um "Cagotólico" significa seguir o que Deus e a Santa Igreja me disse para fazer, se isso significa recusar os males que meu Senhor e minha Mãe Igreja me proíbem fazer então eu prefiro ser um "Cagotólico" mesmo a ter que seguir um mero homem.

Você se diz Católico e quer seguir Olavo de Carvalho, você quem sabe, não posso lhe proibir de fazer algo. Mas não posso deixar de dizer que ele está ensinando muitas coisas malignas que vão de contramão com Deus e com a Santa Igreja Católica Apostólica Romana e, portanto, digo, tome cuidado! 

Glória a Deus! Ave Maria Santíssima! Salve Roma Eterna! Força e Honra!

Comentários

Postagens mais visitadas