Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois.
Por: Vinicius Martinez
“Devemos suportar tudo, porque o sofrimento é pequeno e a recompensa é grande.” Santa Catarina de Sena 
Um magnífico sinal da Graça de Deus em nossas vidas é quando uma pessoa que amamos ou que temos grande consideração por ela. 
Nos machuca em decorrência de uma atitude, seja uma escolha ou uma declaração que tenha ferido os nossos sentimentos, assim como também tenha contrariado a nossa vontade.
O ser humano naturalmente ao ser contrariado em sua vontade tende a se entristecer, pois, de fato dói ter a nossa vontade, os nossos desejos sido negados —, dói ser machucado por uma pessoa que tanto amamos. 
Geralmente a reação natural após sermos machucados por uma pessoa, é de tristeza, revolta e raiva. No entanto, por alguma operação de ordem sobrenatural. 
Ainda que entremos numa forte tristeza, ainda que choremos muito por causa da dor que sentimos, ainda assim em nosso coração persiste o Amor, o desejo do Sumo…

Até que a morte os separe!

 Até que a morte os separe!
Por: Vinicius Martinez 

"Assim, já não são dois, mas uma só carne. Portanto, não separe o homem o que Deus uniu." Mateus 19:6

Ora, com efeito, não é possivel remover de um átomo o seu núcleo e o mesmo continuar sendo um átomo, assim como também o efeito de uma desestabilização atômica é desordem e destruição, assim procede com a união entre um Homem e uma Mulher — se ocorre a separação de ambos que são uma unidade que é unida pelo próprio Deus, o corpo então já não é mais um corpo, pois o corpo é nada mais que uma unidade, e se não há a unidade — logo não é corpo. 

A separação e desestabilização de um casal resulta em caos, pois, com efeito, as relações tornam-se caóticas e se o casal tiver filhos: quem paga o preço mais caro são os pequeninos que hão de se ferir, e não adianta dizer que não — pois vão. Toda criança ou adolescente que vê os pais se separando sofrem muito, e muitos são feridos de tal forma que nunca mais são os mesmos e levam essa ferida para a vida inteira.

O Divórcio é uma vitória dos Infernos que abala um lar, é por causa dessa maldita coisa que hoje temos uma sociedade cada vez mais destruída —, fruto de famílias completamente desestruturadas e desunidas. Como já bem dito, a desordem gera caos.

O Santo Matrimônio é indissolúvel, se casou — casou, não há como retornar atrás, se assim procede, o homem e a mulher que busca o divórcio atenta contra si mesmos — atentam contra o próprio Senhor que os uniu, é uma grande ofensa a Deus um casal querer se divorciar.

Prefiro a morte a ter que me divorciar. Por mais desgraçada que seja uma relação, não tiraria minha aliança que prometi manter diante de Deus. Ser fiel como Cristo foi a Igreja! Sempre Fiel!

Que os casados tenham noção da grandiosidade do Matrimônio e permaneçam fieis uns aos outros, pois de fato, uma traição é um duro golpe —, um golpe que cria uma ferida que talvez jamais seja cicatrizada, que fará com que o Homem tenha uma vida desgraçada e infeliz, mas que tal dor deve ser suportada como uma lança penetrada em nosso coração, assim como Cristo fora pelo Soldado Romano na Cruz.

Assim como Cristo é traído todos os dias por seu povo e ainda assim se mantém fiel.

Tão triste e dolorosa é uma traição, que preferiria morrer a ter que ser traído por uma pessoa que dei minha vida para amar, cuidar, proteger e servir.

Glória a Deus! Ave Maria Santíssima!

Comentários

Postagens mais visitadas