Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos. Por: Vinicius Martinez
Introdução.

Se podemos dizer que há um período na História Humana onde o Homem deixou de entender a si mesmo, esse período é o nosso. Vivemos num mundo desenvolvido tecnologicamente, mas precariamente os homens que participam desses tempos, não acompanharam o avanço das técnicas que por eles mesmos foram desenvolvidas.

É fato que vivemos numa sociedade apóstata que abandonou a Verdade e que se rendeu ao Liberalismo em todos os seus aspectos, o que por sua vez deu forças ao modernismo na religiosidade, assim como pavimentou a civilização ocidental para experimentar as tenebrosas revoluções sangrentas do século XX.

Por sua vez, nessa breve introdução, cito que o triunfo da tão má compreendida ideologia feminista, que embora muitos falem dela, não sabem que a mesma não é só uma simples demência do que chamamos de "Mundo Moderno".

Parafraseando a afirmação do Dou…

Até que a morte os separe!

 Até que a morte os separe!
Por: Vinicius Martinez 

"Assim, já não são dois, mas uma só carne. Portanto, não separe o homem o que Deus uniu." Mateus 19:6

Ora, com efeito, não é possivel remover de um átomo o seu núcleo e o mesmo continuar sendo um átomo, assim como também o efeito de uma desestabilização atômica é desordem e destruição, assim procede com a união entre um Homem e uma Mulher — se ocorre a separação de ambos que são uma unidade que é unida pelo próprio Deus, o corpo então já não é mais um corpo, pois o corpo é nada mais que uma unidade, e se não há a unidade — logo não é corpo. 

A separação e desestabilização de um casal resulta em caos, pois, com efeito, as relações tornam-se caóticas e se o casal tiver filhos: quem paga o preço mais caro são os pequeninos que hão de se ferir, e não adianta dizer que não — pois vão. Toda criança ou adolescente que vê os pais se separando sofrem muito, e muitos são feridos de tal forma que nunca mais são os mesmos e levam essa ferida para a vida inteira.

O Divórcio é uma vitória dos Infernos que abala um lar, é por causa dessa maldita coisa que hoje temos uma sociedade cada vez mais destruída —, fruto de famílias completamente desestruturadas e desunidas. Como já bem dito, a desordem gera caos.

O Santo Matrimônio é indissolúvel, se casou — casou, não há como retornar atrás, se assim procede, o homem e a mulher que busca o divórcio atenta contra si mesmos — atentam contra o próprio Senhor que os uniu, é uma grande ofensa a Deus um casal querer se divorciar.

Prefiro a morte a ter que me divorciar. Por mais desgraçada que seja uma relação, não tiraria minha aliança que prometi manter diante de Deus. Ser fiel como Cristo foi a Igreja! Sempre Fiel!

Que os casados tenham noção da grandiosidade do Matrimônio e permaneçam fieis uns aos outros, pois de fato, uma traição é um duro golpe —, um golpe que cria uma ferida que talvez jamais seja cicatrizada, que fará com que o Homem tenha uma vida desgraçada e infeliz, mas que tal dor deve ser suportada como uma lança penetrada em nosso coração, assim como Cristo fora pelo Soldado Romano na Cruz.

Assim como Cristo é traído todos os dias por seu povo e ainda assim se mantém fiel.

Tão triste e dolorosa é uma traição, que preferiria morrer a ter que ser traído por uma pessoa que dei minha vida para amar, cuidar, proteger e servir.

Glória a Deus! Ave Maria Santíssima!

Comentários

Postagens mais visitadas