Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos. Por: Vinicius Martinez
Introdução.

Se podemos dizer que há um período na História Humana onde o Homem deixou de entender a si mesmo, esse período é o nosso. Vivemos num mundo desenvolvido tecnologicamente, mas precariamente os homens que participam desses tempos, não acompanharam o avanço das técnicas que por eles mesmos foram desenvolvidas.

É fato que vivemos numa sociedade apóstata que abandonou a Verdade e que se rendeu ao Liberalismo em todos os seus aspectos, o que por sua vez deu forças ao modernismo na religiosidade, assim como pavimentou a civilização ocidental para experimentar as tenebrosas revoluções sangrentas do século XX.

Por sua vez, nessa breve introdução, cito que o triunfo da tão má compreendida ideologia feminista, que embora muitos falem dela, não sabem que a mesma não é só uma simples demência do que chamamos de "Mundo Moderno".

Parafraseando a afirmação do Dou…

O Amor por Maria Santíssima é comprovado por via do Amor que se tem pela Mãe

O Amor por Maria Santíssima é comprovado por via do Amor que se tem pela Mãe.

Por: Vinicius Martinez

Se digo que amo a Santíssima, tanto maior será o meu amor por minha Mãe. Não há possibilidade de alguém amar a Santíssima e ser um filho ruim —, que não ama a sua mãe —, que não a honra, protege e cuida. Não há possibilidade alguma de se amar a Santíssima sendo assim!

O que prova meu amor pela Santíssima é primeiramente a forma como trato minha Mãe. Se eu fosse um filho insolente que não honrasse minha Mãe, e dissesse que amo a Santíssima —, eu seria um baita de um hipócrita e mentiroso. Pois como posso dizer que amo alguém que nunca vi, mas não amar a Mãe que me gerou em seu ventre, que me deu o que comer, que me educou e amou?

Ademais. — Até mesmo se alguém tem uma Mãe relapsa, não se justifica a escolha de não amá-la, pelo contrário, — é necessário amá-la ainda mais, com efeito, há de se amar a Santíssima.

Portanto, abrace e olhe para tua Mãe, como se ela fosse a própria Santíssima diante de ti e tenho certeza que o Amor que tu tem pela Mãe Rainha — será ainda maior. Pois quando você exerce de maneira eficaz o teu amor com tua Mãe, consequentemente terá ainda mais amor pela Santíssima Mãe de Deus.

Ademais. — O amor por Deus e pelo próximo é uma só coisa, com efeito, se amo a Deus, logo amo a próximo por consequência do amor primário. O mesmo serve para a Santíssima, se amo a minha Mãe —, também amarei a minha Mãe celestial, não há como separar este tipo de Amor.

Finalizo — Se você quer saber do caráter de uma pessoa, olhe como ela trata seus pais. Se queres saber se uma pessoa realmente ama a Santíssima, olhe para como ela trata a sua Mãe. Quanto mais amamos a nossa Mãe, tanto maior será o amor pela Santíssima.

Ó gloriosa e bendita Mãe cubra-nos com teu manto e nos ensine a amar o Senhor! Doce Coração de Maria, sêde nossa salvação!

Glória a Deus! Salve Maria Santíssima! Nossa Senhora, sob o título da Imaculada Conceição, rogai por nós!

Comentários

Postagens mais visitadas