Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos. Por: Vinicius Martinez
Introdução.

Se podemos dizer que há um período na História Humana onde o Homem deixou de entender a si mesmo, esse período é o nosso. Vivemos num mundo desenvolvido tecnologicamente, mas precariamente os homens que participam desses tempos, não acompanharam o avanço das técnicas que por eles mesmos foram desenvolvidas.

É fato que vivemos numa sociedade apóstata que abandonou a Verdade e que se rendeu ao Liberalismo em todos os seus aspectos, o que por sua vez deu forças ao modernismo na religiosidade, assim como pavimentou a civilização ocidental para experimentar as tenebrosas revoluções sangrentas do século XX.

Por sua vez, nessa breve introdução, cito que o triunfo da tão má compreendida ideologia feminista, que embora muitos falem dela, não sabem que a mesma não é só uma simples demência do que chamamos de "Mundo Moderno".

Parafraseando a afirmação do Dou…

A tolice dos jovens e a fraqueza dos pais

 A tolice dos jovens e a fraqueza dos pais.

Por: Vinicius Martinez 
Uma das coisas que mais contribuíram também para a degradação e destruição da instituição Família, foi o fato de que os filhos modernos, não pedem a bênção, permissão e supervisão dos pais para estar com a outra pessoa, com efeito, o filho é rebelde — não honra o pai e a mãe, não quer saber o que o seu Pai e Mãe acham e veem na outra pessoa, e bizarramente, o Pai e Mãe, por vezes, sequer conhece o namorado (a) de seus filhos e tampouco a família do outro.

É a geração feminista, a geração liberdade, hoje todo mundo quer liberdade, é um horror — os deveres, ter de se submeter a uma ordem, a uma hierarquia, a uma autoridade, os jovens querem curtir — não importando as consequências de suas escolhas; que retrógrado essa concepção de pedir permissão para o papai e para a mamãe para eu ter o outro, de avisa-los sobre a outra pessoa que estou; de criar vínculo entre as duas famílias — isso é tudo coisa de retardado retrógrado, legal mesmo é ser moderno e contribuir para a destruição da sociedade — em decorrência da imprudência e da estupidez, típicas de jovem.

Tal coisa é mais significativa no caso das mulheres, que possuem uma tendência mais irracional de escolher homens: muitas escolhendo por base de paixões e emoções que hão de se acabar com o tempo acabam se tornando namoradas ou até mesmo esposas de homens sem virtudes e que cedo ou tarde, hão de terminar com elas, com efeito, uma verdadeira salada e explosão de traições e por sua vez: Divórcio = Destruição da Família = Destruição da sociedade = Destruição da Civilização.

Jovens tolos, acham que sabem muito da vida, acham que possuem discernimento e entendimento das coisas, como são prepotentes, menininhas e molequinhos; o pior é que se existe meninas prepotentes e moleques, é porque existem pais e mães fracos, e das maiores causas da criação desse tipo de jovem, é a figura de um pai banana, fraco e pouco viril — sem firmeza alguma.

É claro que há exceções, pois há jovens que são mais sábios que adultos, pois em nossos tempos há uma quantidade incrível de adultos infantis e babacas, mas por via do geral — do padrão, os jovens são em sua maioria idiotas, e a idiotice desses tolos, será responsável pela destruição de muitas vidas, é trágico saber que uns hão de pagar caro, pelo erro de imbecis que foram imprudentes em suas escolhas, que acharam ser maduros suficientes para tomar uma decisão sozinho — sem a ajuda e aconselhamento da Família.

Glória a Deus! Salve Maria Santíssima! Sagrada Família, rogai por nós!

Comentários

Postagens mais visitadas