Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois.
Por: Vinicius Martinez
“Devemos suportar tudo, porque o sofrimento é pequeno e a recompensa é grande.” Santa Catarina de Sena 
Um magnífico sinal da Graça de Deus em nossas vidas é quando uma pessoa que amamos ou que temos grande consideração por ela. 
Nos machuca em decorrência de uma atitude, seja uma escolha ou uma declaração que tenha ferido os nossos sentimentos, assim como também tenha contrariado a nossa vontade.
O ser humano naturalmente ao ser contrariado em sua vontade tende a se entristecer, pois, de fato dói ter a nossa vontade, os nossos desejos sido negados —, dói ser machucado por uma pessoa que tanto amamos. 
Geralmente a reação natural após sermos machucados por uma pessoa, é de tristeza, revolta e raiva. No entanto, por alguma operação de ordem sobrenatural. 
Ainda que entremos numa forte tristeza, ainda que choremos muito por causa da dor que sentimos, ainda assim em nosso coração persiste o Amor, o desejo do Sumo…

Podemos ser os inimigos da Igreja sem sabermos

Podemos ser os inimigos da Igreja sem sabermos

Por: Vinicius Martinez

Já diria São Pio X: "Os maiores inimigos da Igreja, estão dentro dela". A questão é que muitos entendem essa frase de maneira incompleta, ignorando a outra parte que completa o pensamento de São Pio X --, é do fato de termos a capacidade de enxergar erros de longe, mas não de perto, isto é, temos a tendência de dizer que a Igreja tem erros por causa do fulano, do sicrano, por causa da ideologia e da ideia tal, contudo não temos a capacidade de avaliarmos se há em nós também problemas que podem contribuir para o mal --, ou seja, os inimigos da Igreja: pode ser nós mesmos, indiretamente, por quê? Pois é em nós que pode habitar a soberba, a vaidade, o egocentrismo, o egoísmo -- a falta de caridade. 

É o que acontece muitas vezes, um verdadeiro joguinho de egos, de vaidade, de falta de fraternidade, pessoas que agem de maneira interesseira, difamando uns aos outros, querendo se mostrar melhor que os outros -- coisas assim, o que é evidentemente uma tragédia. Antes de acharmos que somos verdadeiros combatentes do mal que há dentro da Igreja -- em seus membros, devemos nos perguntar se estamos também combatendo o mal que há em nós -- primeiramente.

Ademais. -- É engraçado também que muitos "combatentes" dos erros que existem na Igreja, só focam na dita teologia da libertação, do comunismo infiltrado na Igreja, mas ignoram outros fatores, tais como: ele mesmo, o gnosticismo, o modernismo, o liberalismo, a maçonaria, o pentecostalismo fajuto.

Ademais. -- Um sábio combatente jamais deve entrar em um campo de batalha sem conhecer bem a si mesmo, o terreno do campo e os inimigos que ele irá enfrentar, pois se ele ignorar todos estes fatores, ele irá perder.

Ademais. -- Não se combate uma doença, ignorando o seu agente causador -- origem, não se combate gripe, tomando remédio para diarreia.
Ademais. -- Por acaso tu fazes limpeza de algo, com mais sujeiras? Obviamente que não, pois se fores jogar um balde de água sujo num lugar que já está sujo -- sujo ficará. Não se combate erros com mais erros.

Finalizo -- Combatamos a doença que atinge os membros do clero e por sua vez -- leigos, mas jamais deixamos de ver se em nós também há doença, por sua vez, saibamos bem quais são as doenças que atingem, pois não existe apenas um problema, mas vários, pois não se repara uma estrutura defeituosa apenas analisando um ponto problemático dela -- mas todos

Comentários

Postagens mais visitadas