Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos. Por: Vinicius Martinez
Introdução.

Se podemos dizer que há um período na História Humana onde o Homem deixou de entender a si mesmo, esse período é o nosso. Vivemos num mundo desenvolvido tecnologicamente, mas precariamente os homens que participam desses tempos, não acompanharam o avanço das técnicas que por eles mesmos foram desenvolvidas.

É fato que vivemos numa sociedade apóstata que abandonou a Verdade e que se rendeu ao Liberalismo em todos os seus aspectos, o que por sua vez deu forças ao modernismo na religiosidade, assim como pavimentou a civilização ocidental para experimentar as tenebrosas revoluções sangrentas do século XX.

Por sua vez, nessa breve introdução, cito que o triunfo da tão má compreendida ideologia feminista, que embora muitos falem dela, não sabem que a mesma não é só uma simples demência do que chamamos de "Mundo Moderno".

Parafraseando a afirmação do Dou…

Os inimigos internos da Igreja

Os inimigos internos da Igreja

De: Vinicius Martinez

"Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é negá-la." Santo Tomás de Aquino.


Certas pessoas são tão ingênuas que acreditam que só porque uma pessoa é uma autoridade clerical -- ordenada, está pessoa é infalível em suas condutas e isenta de crítica. Entenda uma coisa, satanás e suas legiões, tenta diversos homens para que estes se infiltrem na Igreja com poderes clericais -- via sacramento da ordem, com o objetivo de destruir a Igreja de dentro para fora, e por vezes os efeitos das ações desses inimigos infiltrados são fortes, o que ocasiona crises. É o caso da grande crise que a Igreja sofre atualmente, pois são tantos traidores dentro ou fora do clero e uma reação dos "fiéis" que está sendo incapaz de parar o avanço dos "infiéis".

Existe dentro da Igreja: nos altos postos hierárquicos, homens corrompidos que estão a serviço do maligno SIM, não seja ingênuo, não é porque eles são bispos e cardeais que essas figuras são santas. Conquanto que haja muitos bispos e cardeais que estão a serviço de Deus, o mal sempre está em ativa dentro ou fora da Igreja de Cristo, cabe a nós nos defender dessas forças malignas que atacam o corpo místico de Cristo de todas as direções. Saiba que todos estes traidores da Fé, hão de pagar caro por suas ações, pois a justiça divina é infalível e esta não dá pra escapar.

Ademais. -- Lembremo-nos de Judas Iscariotes que fora uma autoridade legitima e ordenada, contudo o mesmo traiu a Cristo, ou seja, traiu a Deus.

Ademais. -- O próprio Papa Paulo VI que encerrou o Concilio Vaticano II, afirmou categoricamente que a fumaça de satanás entrou na Igreja.

Ademais. -- Muitos exorcistas nos relatam que muitos demônios estão em constante atividade no Vaticano, tentando corromper membros do clero, inclusive é relatado pelo então falecido Padre Gabriele Amorth -- um grande cavaleiro de Cristo.

Ademais. -- Vejamos que na história da Igreja, diversas figuras, inclusive de Santos, corrigiram autoridades eclesiais, um caso também relatado nas escrituras é de São Paulo com São Pedro que era o Sumo Pontífice.

Ademais. -- Conforme o Doutor Angélico nos ensina: "Rejeitar um único artigo ensinado pela Igreja é suficiente para destruir a fé, do mesmo jeito que um pecado mortal é suficiente para destruir a caridade". Ou seja, se alguém está em heresia, ela está num processo de destruição da própria Fé, seremos tão egoístas e omissos a ponto de nos calarmos diante de nosso próximo que corre risco de vida? Se escolhermos não combater a Heresia, significa que não amamos.

Ademais. -- Conquanto que não haja anticorpos, com efeito -- a doença se espalha e causa sérios danos, eis da importância de sermos os anticorpos -- combatendo as doenças = heresias, com a Sã Doutrina.

Lembro: O dogma da infalibilidade papal é assim: O sumo pontífice é infalível quando está em Ex-Cathedra, que cumpra as quatro condições vaticanas, estabelecidas infalivelmente no Concílio Vaticano I:

1ª - Que o Soberano Pontífice se pronuncie como sucessor de Pedro, usando os poderes das chaves, concedidas ao Apóstolo pelo próprio Cristo;
2ª - Que se pronuncie sobre Fé e Moral;
3ª - Que queira ensinar à Igreja inteira;
4ª - Que defina uma questão, declarando o que é certo, e proibindo, com anátema, que se ensine a tese oposta.

Finalizo -- Temos sim que denunciar qualquer coisa errada (não participai das obras infrutíferas das trevas, condenai-as abertamente) --, devemos julgar de maneira justa e prudente, e jamais sermos ingênuos a ponto de acreditar que só porque é ordenado = santo, inimigos estão em todos os lugares e devemos combater com a Verdade. Por mais que esteja um exército dos infernos atacando a Igreja de dentro ou de fora, ela continuará sendo a única e verdadeira Igreja e jamais será destruída pelas forças do príncipe deste mundo -- conforme Cristo nos prometerá.

"Uma das provas, de a Igreja Católica ser a verdadeira Igreja de Cristo, está no fato de que: o Império Romano, o mais poderoso e supremo império que já existiu na antiguidade, o mesmo que perseguia e massacrava os cristãos -- até ele foi derrubado, assim como muitos outros, mas a Igreja católica, se mantém, pois o império de Deus é invencível -- de verdade." Vinicius Martinez

Comentários

Postagens mais visitadas