Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois

Do mistério da vida: sofrer primeiro para ser feliz depois.
Por: Vinicius Martinez
“Devemos suportar tudo, porque o sofrimento é pequeno e a recompensa é grande.” Santa Catarina de Sena 
Um magnífico sinal da Graça de Deus em nossas vidas é quando uma pessoa que amamos ou que temos grande consideração por ela. 
Nos machuca em decorrência de uma atitude, seja uma escolha ou uma declaração que tenha ferido os nossos sentimentos, assim como também tenha contrariado a nossa vontade.
O ser humano naturalmente ao ser contrariado em sua vontade tende a se entristecer, pois, de fato dói ter a nossa vontade, os nossos desejos sido negados —, dói ser machucado por uma pessoa que tanto amamos. 
Geralmente a reação natural após sermos machucados por uma pessoa, é de tristeza, revolta e raiva. No entanto, por alguma operação de ordem sobrenatural. 
Ainda que entremos numa forte tristeza, ainda que choremos muito por causa da dor que sentimos, ainda assim em nosso coração persiste o Amor, o desejo do Sumo…

Não se combate erros com outros erros

Não se combate erros com outros erros

 Por: Vinicius Martinez

No meio tradicionalista, do qual eu pertenço, e, portanto defendo a Santa Tradição bimilenar da Igreja Católica Apostólica Romana que está sendo deixada de lado desde certo tempo pelos hereges da modernidade.

Muitos sujeitos gostam de combater as heresias protestantes, e também as heresias que estão internamente na Igreja por meio de movimentos progressistas e carismáticos, no entanto de que adianta condenar o erro dos outros -- também participando de um erro? Sim, quando me refiro ao erro, não é quanto ao tradicionalismo -- que está certo, mas sim nas condutas que fazem parte de muitos tradicionalistas, que é a arrogância, o egocentrismo, o egoísmo, a falta de caridade e fraternidade com os próximos, e tais condutas são desprezíveis, e por sua vez responsáveis de o movimento tradicionalista ser marginal e não ter forças, pois estão combatendo os erros de maneira errada, e enquanto o erro persiste, o acerto não virá.

Estude a própria tradição meus caros, nenhuma crise do qual a Igreja sofrerá, fora vencida por pessoas que se enclausuravam numa bolha, com arrogância, sendo ególatras e com partículas de calvinismo na cabeça. Nenhuma crise se vence com esse comportamento nojento que infelizmente está muito forte no meio tradicional/tradicionalista.

O diabo adora quando essas coisas ocorrem, pois no final das contas, erros ainda estão sendo propagados com aparências de acertos.

Comentários

Postagens mais visitadas