Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos

Da formação e desenvolvimento do Homem, a crise da virilidade de nossos tempos e outros assuntos. Por: Vinicius Martinez
Introdução.

Se podemos dizer que há um período na História Humana onde o Homem deixou de entender a si mesmo, esse período é o nosso. Vivemos num mundo desenvolvido tecnologicamente, mas precariamente os homens que participam desses tempos, não acompanharam o avanço das técnicas que por eles mesmos foram desenvolvidas.

É fato que vivemos numa sociedade apóstata que abandonou a Verdade e que se rendeu ao Liberalismo em todos os seus aspectos, o que por sua vez deu forças ao modernismo na religiosidade, assim como pavimentou a civilização ocidental para experimentar as tenebrosas revoluções sangrentas do século XX.

Por sua vez, nessa breve introdução, cito que o triunfo da tão má compreendida ideologia feminista, que embora muitos falem dela, não sabem que a mesma não é só uma simples demência do que chamamos de "Mundo Moderno".

Parafraseando a afirmação do Dou…

Em Defesa do Matrimônio!

Em Defesa do Matrimônio!


De: Vinicius Martinez
Por que na modernidade, ocorrem tantos divórcios, afinal qual é a finalidade do matrimônio? E o que o namoro tem a ver com tudo isso?

Respondo com quatro afirmações:

Pois as pessoas acreditam que o casamento é um parque de diversões.
Pois as pessoas confundem amor com sentimento.
Pois as pessoas confundem o ato de amar com a paixão.
Pois as pessoas ignoram os deveres que uma relação exige.

Qual é a Finalidade Última do Casamento?

Respondo: A finalidade do Casamento é a constituição da família, dando continuidade histórica ao ser humano, donde os cônjuges possuem deveres. Eles devem se apoiar, tendo como base, os princípios cristãos, donde o esposo e a esposa tornam-se uma só carne e juntos caminham para os céus.

O matrimônio é uma via de se alcançar os céus, pois o Homem e a Mulher juntam-se para se ajudar numa caminhada que termina apenas pela morte terrena, tudo isso visando à verdadeira vida (Vida com Deus = Contemplação da Verdade = Visão Beatifica)

Dos Deveres e a Configuração do Matrimônio.

Respondo: O matrimônio, não é um parque de diversões, pelo contrário é um onde se encontrará muita dor por horas, pois não se engane, não serão todos os dias em que a esposa ou o esposo estará de bom humor ou bem disposto.

Os deveres: cuidar do lar, pagar as contas, desafios do dia a dia, sacrificar-se um pelo outro, cuidar dos filhos e etc, são árduos e gerarão dor de cabeça e raiva. O Casamento é bom, mas não confunda o fato de ser bom, com ausência de sofrimento.

No casamento haverá sim: alegria, pois lembremo-nos que se trata de estar com a pessoa que você ama ao lado. Contudo como já dito, o Matrimônio é também sacrifício.

Respondo: O Homem é a cabeça da Mulher, contudo a afirmação de que o Homem é a cabeça da mulher, não deve se confundir com o ser autoritário, na verdade, isso implica a responsabilidade do Homem de se doar para a mulher, dando sua vida por ela.

Pois é ele quem deverá ter as palavras finais e é quem será responsável por prover e proteger a família e isso não é brincadeira. Assim a Mulher também deve se doar ao Marido, confiando em sua liderança e o apoiando com seus conselhos que são certamente valorosos para o Homem, assim como será fortemente responsável pela gerência do lar e da educação elementar dos filhos.

O que é amor e paixão?

Respondo: O Amor não é um sentimento como muitos dizem, o Amor é na verdade uma decisão intelectual e, portanto um ato racional, donde a pessoa que sim, possui sentimentos nobres pela outra, decide estar ao lado da outra. A pessoa que ama, ela toma uma decisão de amar aquela pessoa, aceitando um desafio de estar junto àquela pessoa, independentemente dos erros, defeitos que essa outra pessoa possua.

Respondo: A Paixão é um sentimento, é uma propriedade sensitiva que é desencadeada por vários fatores: atração física, afetiva, compatibilidade de ideais; este pode possuir uma origem nobre ou desordenada, a paixão é como um combustível, ela é muito importante sim, pois ela quem manterá, por exemplo, a constante alimentação da relação entre os esposos, tanto no quesito erótico, quanto no quesito da relação em geral. Mas caso seja desordenada, pode gerar problemas sérios: ciúmes doentio, crises de nervos, egoísmo, desconfiança doentia, hiper-dependência afetiva que podem levar a atos terríveis.

Qual é a diferença entre Amor e Paixão.

Respondo: O Amor é Racional, a Paixão é cega. O Amor considera as qualidades e os defeitos e mesmo assim a pessoa decide amar a pessoa, já a o apaixonado, ignora os defeitos e vê a pessoa "amada" como perfeita, por isso de muitos casais se separarem, pois confundiram o amor com a paixão.

Quem ama está disposto a sofrer, quem está apenas na paixão, está apenas disposto a sentir prazeres: é o caso do homem estar apaixonado pela mulher, ele está configurado apenas a sentir o que a mulher tem de bom a transmitir: beijos, carinhos, palavras dóceis, reciprocidade e etc, quando a dor surge, logo a paixão é desmantelada.

Eis o que acontece quando o apaixonado perde sua paixão, ele começa a sentir repulsa pela pessoa que antes ele (a) tinha paixão. O que faz com que a pessoa queira romper com a outra, pois a outra já não oferece as sensações necessárias para a continuidade da relação, levando o outro a buscar outra pessoa que possa transmitir as sensações que ele deseja.

Informações a respeito de namoros.

Durante o namoro é comum que os casais estejam fortemente apaixonados uns pelos outros, possuindo muitos sentimentos de atração e dependência afetiva um para o outro, é como se fosse uma energia inesgotável, tudo é flores neste período, contudo se este namoro for baseado apenas nos sentimentos, e acaba no casamento, é provável que futuramente ele termine em divórcio, pois a paixão é como todo combustível uma propriedade finita.

Eis a importância da graça de Deus continua na vida dos namorados e esposos, pois é ele quem sustentará o relacionamento, pois a capacidade meramente humana, não é capaz de sustentar um vínculo indissolúvel que é o caso do matrimônio.

Vale também ressaltar que o contrário do Amor, não é necessariamente o ódio, mas sim o uso egoísta, as pessoas tornaram-se utilitaristas, as pessoas são vistas em vista da utilidade, quando a pessoa já não é útil à outra, então ela é jogada fora, eis o que acontece em muitos namoros mundanos.

Outras informações a respeito dos namoros.

É comum que muitas pessoas que se casam, e conforme o tempo vai passando, descobrem que seu cônjuge não é o mesmo da época do namoro, eis aqui um grande equívoco por parte das pessoas, elas acham que seus cônjuges "mudaram", mas na verdade essa pessoa sempre foi daquele jeito, a diferença é que a pessoa não detectou, pois justamente estava apaixonada.

Inclusive é notório vermos de casos onde uma mulher casa-se com um homem e passado alguns anos esse cara vem a se tornar uma pessoa violenta e covarde, maltratando sua esposa e até espancando-a e muitas vezes matando ela, ocorre isso, pois no caso esposo que faz isso, ele jamais amou sua mulher, mas apenas a via como utilitária, pois ela lhe dava prazer, acabando esses prazeres, ele tende a desprezar.

Também é o caso das paixões doentias que leva o homem a criar um estado de ciúmes e egoísmo tão grande que ele pode matar outros que se aproximarem de sua mulher, ou no caso de uma separação no período do namoro, onde o ex-namorado que fora rejeitado pela namorada, por ódio e vingança, por ter sua paixão desmantelada, tende a matar a sua ex namorada ou até mesmo o namorado atual.

Por isso, tome cuidado com quem você almeja se casar essa pessoa que parece que te ama, na verdade pode só está em uma paixão forte e passageira e quando acabar, aí as coisas hão de ficar feias para os seu lado.

Como ter um casamento sucedido?

Respondo: Para que um casamento dê certo, é necessário que o Homem e a Mulher tenha cinco tipos de amor: O Amor Primário: isto é, o amor onde o Objeto principal é Deus, pois tendo Deus como objeto primário. Isso significa que o Homem não deve amar sua esposa acima de tudo, e nem a mulher amar o esposo acima de tudo, mas ambos devem amar a Deus sobre todas as coisas, quando ambos fazem isso, sustenta os outros quatro amores de maneira perfeita, eis que surgem os quatro amores:

Afeição: onde surgirá a vontade da constituição da família.
Amizade: onde surgirá o ser amigo e ajudar uns aos outros e também a compatibilidade de ideais: estilo de vida compatível, visão de mundo e etc.
Eros: onde surgirá as paixões nobres, e também se diz a respeito da atração sexual um pelo outro que também é importante para a união de ambos.
Caridade: onde surgirá os mais nobres e altos desejos para com o cônjuge.

Como descobrir se a pessoa de fato possui estes cinco amores por mim?

Respondo: Muitos vão pensar que só é possível se detectar por via do namoro, mas digo que é mentira; é também possível descobrir se a pessoa que diz que te ama verdadeiramente, por meio da amizade, contudo, sim o namoro é extremamente importante, pois terá como base: as experiências mais próximas (dentro do limite), em breves palavras: Namoro e Amizade são "lugares" onde é possível que a pessoa detecte que a outra verdadeiramente deseja o matrimônio. Por meio da observação das atitudes, comportamentos, palavras e pensamentos, disposições, declarações, se comprova a existência dos cinco amores.

"Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea." Gênesis 2:18

"Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem." Mateus 19:6

"Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela." Efésios 5:25

"Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne." Efésios 5:31


Glória a Deus! Salve Maria Santíssima!

Comentários

Postagens mais visitadas